Política

Cidade de Mato Grosso “vai celebrar a vida” e terá festas no final de ano com show nacional, confirma prefeito 

O prefeito de Chapada dos Guimarães (55 quilômetros de Cuiabá), Osmar Froner, declarou hoje ser favorável à realização das festividades de final de ano. Segundo ele, Chapada vai “celebrar a vida”, com responsabilidade, segurança e prevenção. O gestor anunciou que o município se prepara para o lançamento da programação das festividades natalinas e de final de ano.

A programação do réveillon deverá ser anunciada à imprensa e a população na próxima semana. No entanto, Osmar declarou que o município está negociando com a banda Araketu. “Nosso secretário de Governo tem contato com o empresário da banda, que está disponível. Fizemos uma pré-proposta de reserva e acredito que vai acontecer a presença deles. Até segunda-feira temos uma posição definitiva sobre isso”, afirmou. 

Osmar também detalhou que o município deve gastar até R$ 500 mil nas festividades. “Estamos viabilizando emendas parlamentares e um pouco da nossa reserva para se fazer isso. Os orçamentos preliminares indicam que o município poderá ter uma garantia de emenda de até R$ 500 mil. É com esse teto que vamos trabalhar”. 

Durante coletiva de imprensa, o prefeito ainda ressaltou que o município seguirá monitorando a orientação dos órgãos sanitários e poderá tomar medidas necessárias para resguardar a vida. “O nosso município de Chapada dos Guimarães, segue com um bom desempenho na vacinação contra a covid-19, com a logística de enfrentamento montada pela prefeitura por toda equipe e os esforços dos profissionais e participação e colaboração da população alcançamos um resultado com aproximadamente 90% da população vacinável imunizada”.

Osmar destacou que cabe ao gestor a análise para manter a rotina da população e que o gestor não pode administrar com “medo e achismo”. Neste sentido, por meio de decreto que será publicado nesta sexta-feira, irá manter o uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos e fechados, e em espaço públicos ou privados, mas descartando medidas que caracterizam lockdown na cidade.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nos últimos 15 dias foi registrado apenas uma nova confirmação de caso de coronavírus na cidade. Além disso, uma pessoa está em isolamento domiciliar e não há internações. Nenhuma pessoa está aguardando resultado de exames.

Esta semana, conforme Só Notícias já informou, a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) enviou comunicado aos prefeitos do Estado recomendando que não promovam eventos que envolvam aglomeração de pessoas, principalmente nas festividades de fim de ano e no Carnaval de 2022. O alerta é fundamentado em recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), de autoridades da área de saúde pública nacional, além de registros oficiais de aumentos de casos confirmados de covid-19 no Brasil.

Em Lucas do Rio Verde, o prefeito Miguel Vaz decidiu que não serão realizadas as celebrações de Ano Novo, que seriam abertas ao público após a Organização Mundial da Saúde classificar a nova variante do Coronavírus “ômicron” – detectada inicialmente no Sul da África – como um risco global muito alto de uma possível quarta e mais agressiva onda da doença.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: assessoria)