Política

Bolsonaro recebe apoio do PSDB para votar reformas e Leitão descarta indicação para cargos

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), se reuniu, esta tarde, com deputados do PSDB, que manifestaram apoio para votação das reformas tributária, reforma da Previdência, pacto federativo, redução da máquina pública”. Bolsonaro pediu apoio dos tucanos e ouviu sinalização para votar favoravelmente nas reformas.

“O governo Bolsonaro vai ter apoio para tudo aquilo que está na agenda tucana, que é a agenda que nos une”, disse o líder do partido na Câmara, o deputado mato-grossense Nilson Leitão, ao final do encontro. Eles entregaram a Bolsonaro propostas no setor ambiental, licenciamento, nova estruturação da secretaria nacional do Índio e tantos outros temas que ele deseja fazer mudanças e que coincide com o que o PSDB quer”.

Leitão disse que não haverá indicação de tucanos para ocupar cargos no governo e que no Congresso, a partir de fevereiro, “muitos blocos vão se formar, mas a maior adesão se dará nas reformas. Base aliada para a Previdência, base aliada para tributação e outros temas”, disse.

 

Só Notícias (foto: assessoria)