Política

Bolsonaro visita Mato Grosso e lança com Mauro e Caiado programa ambiental

O presidente Jair Bolsonaro chegou em Barra do Garças (500 km de Cuiabá) por volta de 08:30hs onde foi recebido pelos governadores Mauro Mendes e Ronaldo Caiado (Goiás) demais lideranças e cumprimentou um grupo de moradores que foi recepcioná-lo e carregou um menino nos ombros. No trajeto, desceu do carro, cumprimentou e conversou com moradores.

Hoje, dia mundial do meio ambiente, o presidente lançou o projeto “Juntos pelo Araguaia” com ações de recomposição florestal, conservação de solo e água, além de ações de saneamento nos municípios goianos envolvidos por iniciativas de engajamento social junto aos proprietários rurais e setores públicos e privados que têm atuação na região, buscando o desenvolvimento sustentável. A solenidade começa em instantes no município de Aragarças (Goiás) vizinho de Barra. A solenidade foi na praia Quarto Crescente Beira Rio.

Bolsonaro disse que “esse momento da revitalização da Bacia do Araguaia, bem como de outras (bacias) que terão pela frente, é o maior exemplo que nós podemos dar ao mundo, que estamos sim, preocupados com o meio ambiente”, ressaltou. “Esse momento da revitalização da bacia do Araguaia, bem como outras que teremos pela frente, é o maior exemplo que podemos dar ao mundo que estamos, sim, preocupados com o meio ambiente, mas também perfeitamente casados com a economia, com o que se desenvolve nessa região. A primeira missão nossa é não atrapalhar quem quer produzir”, disse, ressaltando que o governo quer acabar com o que chamou de “indústria da multa”, emendou.

Foi assinado acordo de cooperação pelos ministérios da Casa Civil, Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Meio Ambiente, Desenvolvimento Regional e pelos Secretários de Estado do Meio Ambiente de Goiás e Mato Grosso que vai garantir a execução do projeto e prevê a criação do fundo de conversão das multas.

Já o presidente Bolsonaro assinou o protocolo de intenções, juntamente com os governadores Mauro Mendes e Ronaldo Caiado que mostra o empenho do governo federal no projeto.

A bacia hidrográfica do Rio Araguaia banha quatro Estados brasileiros, com 2.115 km de extensão e apresenta uma grande biodiversidade.

O governador Mauro Mendes disse, na solenidade, que a revitalização do rio Araguaia foi compromisso dele e de Ronaldo Caiado, governador de Goiás. “Estamos unidos por este rio e por este ideal para que possamos preservar aquilo que ao longo de tantos anos, sob a luz de tantas legislações, foi afetado na preservação do meio ambiente. O rio Araguaia une estes dois Estados e aqui vamos dar exemplo que é possível produzir, conservar e é possível produzir riquezas e fazer inclusão social”.

Mauro disse ainda que Mato Grosso tem colaborado “substancialmente com a balança comercial do país” por ser maior produtor de grãos e carne. “Fazemos isso, presidente Bolsonaro, em apenas 34% do nosso território. 64% do território de Mato Grosso está exatamente como há 500 anos atrás. Isso é um exemplo que damos ao mundo, que somos capazes de produzir e preservar. E, neste projeto que hoje lançamos aqui com importante apoio do governo federal, estamos dizendo que queremos preservar e que nenhuma ONG internacional, na maioria das vezes financiada por produtores americanos, vem aqui apontar dedo na nossa cara e dizer o que nós devemos fazer quando eles não fazem nos seus países. Vamos preservar e construir uma nação rica” e que “por nós mesmos e pelos nossos filhos vamos preservar as riquezas naturais”, discursou.

“Eu reconheço no senhor, presidente, e nos ministros uma grande empreitada para a nação brasileira que é a reforma de Previdência. Precisamos encontrar um novo caminho para que o Brasil não fique atolado no seu crescimento e na geração de emprego”. Mauro concluiu pedindo aos parlamentares que não deixem os Estados foram da reforma previdenciária porque é “importante para cada Estado e para cada município, senão estaremos trabalhando, daqui a alguns anos, unicamente para pagar os nossos aposentados”. “Não sobra dinheiro para cuidar da saúde, das estradas, das escolas e tantas outras obrigações. Deputados e senadores, vamos discutir mas vamos fazer de vez a reforma que ajude o Brasil, Estados e municípios”.

Os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente), Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) Tereza Cristina (Agricultura) e parlamentares acompanham  Bolsonaro.

Houe almoço comemorativo do lançamento do projeto, em Barra do Garças, e Bolsonaro foi homenageado pela Câmara Municipal com título de cidadão barra-garcense, assim como o governador Mauro Mendes (DEM).

Às 15hs o presidente retorna para Brasília. Um forte esquema de segurança foi montado. A Marinha proibiu a circulação de embarcações enquanto o Bolsonaro esteve na cidade goiana. Em Barra centenas de policiais garantiram a segurança. O presidente ganhou e vestiu uma camisa do Goiás Esporte Clube.

Esta é a primeira viagem de Bolsonaro a Mato Grosso desde que assumiu a presidência. O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, esteve em janeiro, em Sorriso, onde fez lançamento da safra e se reuniu com lideranças do agronegócio manifestando apoio do governo para construção da ferrovia Ferrogrão ligando o Nortão ao porto de Miritituba (PA).

(Atualizada 15:20h)

 

 

 

 

Só Notícias/Editoria (fotos: Tchelo Figueiredo/Jonas Alves/reprodução)