Polícia

Sinop: polícia flagra 30 pessoas em fundos de bar e dona é detida por não respeitar decreto do Coronavírus

A comerciante foi conduzida à delegacia de Polícia Civil, ontem à noite, após descumprir o decreto que proíbe funcionamento de bares durante período de prevenção de contágio do Coronavírus. O bar fica na avenida das Sibipirunas. Uma cliente também foi detida por desacato aos policiais.

A polícia foi checar denúncia e, ao verificar pelos menos 30 pessoas foram localizadas na parte de trás do bar, que estava com as portas fechadas. Os policiais conversaram com a mulher e ela relatou que era seu aniversário e estavam comemorando. Entretanto, havia comandas na mesa marcando a quantidade de bebidas consumida por cada um.

Os policiais pediram que os clientes saíssem. A dona do bar disse que era uma injustiça e não era para ninguém sair. Ao ver a situação a cliente se interferiu e xingou os militares. Neste momento, foi presa por desacato.

Já a comerciante correu para um dos cômodos e, no começo, se recusou a sair. Posteriormente, cedeu e acabou indo à delegacia. Após serem ouvidas pelas autoridades policiais as duas foram liberadas.

Seguindo a determinação do decreto publicado pelo governo do Estado, o 11º Batalhão de Polícia Militar em Sinop começou a operação Covid-19, que tem como objetivo evitar que aglomerações sejam formadas na cidade.

Só Notícias/David Murba (foto: assessoria/arquivo)