Polícia

Policiais fazem operação e predem mais de 20 integrantes de organização criminosa no Nortão

Investigadores da Polícia Civil de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop) deflagraram, há pouco, a operação Hydrus contra integrantes de uma organização criminosa que atua no município e em Peixoto de Azevedo. Até o momento, 22 pessoas já foram presas. Tabletes de droga foram apreendidos numa mala, além de celulares e dinheiro (valor ainda não informado). Além disso, foram encontradas seis armas, carregadores e diversas munições.

De acordo com informações do delegado Waner dos Santos Neves, 70 policiais cumprem mandados de prisão, busca e apreensão. As ações policiais estão sendo feitas simultaneamente em vários bairros de Guarantã e nos municípios da região (ainda não informados).  O objetivo da operação é combater tráfico de drogas, associação ao tráfico, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Participaram da operação o Serviço de Polícia Interestadual (POLINTER) e da Gerência de Operações Especiais (GOE) de Cuiabá, além de policiais civis de Lucas do Rio Verde, Sinop, Alta Floresta, Itaúba, Marcelândia, Terra Nova do Norte, Peixoto de Azevedo e Matupá.

Ontem houve outra operação policial no Nortão. Quatro pessoas foram presas em Sorriso por envolvimento com roubos de agrotóxicos e caminhonetes. Em Sinop, Lucas do Rio Verde, Cuiabá e São José do Rio Claro, houve uma prisão em cada. A operação também ocorreu em  Nova Mutum e Canarana e, ao todo, foram cumpridos 13 mandados judiciais de buscas e apreensões.

Em instantes, mais detalhes

 

Só Notícias/Cleber Romero (Fotos: assessoria - atualizada 10h23)