Polícia

Polícia Militar e carcereiros fazem revista na cadeia de Sinop

Neste momento, cerca de 15 policiais militares, juntamente com mais 8 agentes carcerários, estão dando início a mais uma revista nas dependências da cadeia de Sinop. Segundo informações de uma fonte de Só Notícias, o procedimento é de rotina.

A cada semana é realizada uma revista na cadeia para localização de objetos cortantes que podem ser utilizados como armas em rebeliões ou para facilitar fugas.

Hoje a cadeia de Sinop comporta cerca de 165 detentos. Só neste ano foram registradas 10 fugas e, no mês passado, uma tentativa com 14 presos envolvidos.