Polícia

Parceria com a comunidade reduz o número de crimes em Alta Floresta

O trabalho de parceria com a comunidade de Alta Floresta (803 km ao Norte de Cuiabá) tem rendido uma gestão integrada na área de segurança pública, o que tem proporcionado redução nos índices de criminalidade no Município. Desta forma, o novo comandante de área da Polícia Militar, tenente-coronel Cilson de Oliveira Silva, que assumiu em substituição ao tenente-coronel Antônio Roberto de Moraes, pretende dar continuidade ao trabalho, com fortalecimento das ações de interação com a sociedade local.

Durante a passagem de comando, realizada na sede da Câmara Municipal de Alta Floresta hoje, a prefeita do Município, Maria Isaura Alfonso, destacou a importância do trabalho que tem sido realizado pela PM. “Tem sido realizado um trabalho em consonância com nossa população, com ênfase na prevenção e orientação, o que tem gerado resultados bastante satisfatórios”, frisou.

O fortalecimento das ações de descentralização da PM em todo o Estado tem sido avaliado como um dos meios de tornar a gestão da segurança pública mais dinâmica e integrada. “São mudanças estratégicas que tem como único objetivo o atendimento de qualidade ao cidadão e isso somente torna-se possível com a interação entre sociedade e o trabalho policial”, observou o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Orestes Oliveira.

“Sabemos das grandes dificuldades que enfrentamos e os desafios de se fazer segurança pública uniforme em um Estado de dimensões continentais. Porém, esse é um processo de construção coletiva e para isso contamos com a avaliação que a sociedade faz de nosso trabalho, para que possamos melhorá-lo e estruturá-lo, aproximando cidadão e os serviços do Estado”, destacou o comandante da Polícia Militar, coronel Leovaldo Sales.

Participaram da solenidade de troca de comando o comandante regional Norte, coronel Jorge Roberto Cruz, presidente da Câmara Municipal, Luiz Carlos Queiroz, prefeito do Município de Paranaíta, Pedro Alcântara, presidente do Intermat, Jair Mariano e demais autoridades civis, militares.