Polícia

Sinop: morto em tiroteio com a PM morava em Sorriso, estava com tornozeleira e envolvido com drogas

A Polícia Militar de Sorriso encontrou, hoje de madrugada, em uma residência no bairro Jardim América, onde morava o jovem, de 22 anos, morto ontem à noite, na troca de tiros com policiais em Sinop, 30 munições calibre 38 e duas deflagradas. No guarda-roupas também foram localizadas mais 10 porções de maconha. A mãe do rapaz estava na residência e permitiu a entrada dos militares.

Ele também responde processo por tráfico de drogas, com outros dois réus, em Sorriso e foram denunciados pelo Ministério Público. O processo está na Primeira Vara Criminal.

O comandante da Força Tática, Rodrigo Varela informou, ontem, que o rapaz dirigia um Ford Escort azul na BR-163 e, ao perceber que seria abordado pelos policiais, tentou fugir, “em alta velocidade. Acabou perdendo o controle deste veículo, saiu da estrada e bateu em uma cerca. Desceu já efetuando alguns disparos contra a guarnição. Para revidar a injusta agressão, a guarnição acabou efetuando alguns disparos neste indivíduo”. “Fizemos uma checagem um pouco mais minuciosa e constou diversas passagens por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de entorpecentes, roubo a mão armada, associação criminosa e receptação. Apesar da pouca idade, já possuía diversas passagens. Inclusive, estava usando tornozeleira eletrônica”, o que significa que estaria cumprindo medida judicial.

O jovem chegou a ser socorrido no Hospital Regional de Sinop onde faleceu, pouco depois. No veículo do acusado, os policiais também localizaram cerca de um quilo de maconha, dividido em dois tabletes e uma arma calibre 32.

Só Notícias/David Murba e Herbert de Souza (colaborou: Lucas Torres, de Sorriso)