Polícia

Inquérito sobre assassinato de taxista em Sinop ainda não foi concluído

A polícia ainda não concluiu o inquérito dos três suspeitos de terem executado com três tiros, o taxista Valdir Gonçalves Pizoto,de 38 anos, no dia 23 do mês passado. Segundo o delegado Thormires de Godói, um dos acusados, Agnaldo Zanetoni, conhecido como Neguinho, confessou o crime, e descreveu como foi a execução da vítima, apontando Dorival Odair Vitoriane, popular Véio, como o executor dos tiros que mataram Valdir.

Também está preso, Diogo Hernes, outro acusado de estar envolvido. O delegado relatou que ainda estão ouvindo testemunhas, e que os três estão com mandado de prisão temporário de 30 dias, que pode ser prolongado.
A polícia conseguiu localizar os suspeitos no último dia 20, através da detenção de um menor que vinha furtando roupas na cidade, que os denunciou.