Polícia

Filho é preso acusado de matar pai e acompanhante no Nortão

Um jovem, de 20 anos, foi preso pela Polícia Civil acusado do duplo homicídio ocorrido em Juara (301 km de Sinop) durante o final de semana. Ele é acusado de assassinar o pai, Joel Lemes de Oliveira, de 45, e acompanhante dele, Jaqueline Fernandes de Lima, de 23 anos, a pauladas, possivelmente, devido a distúrbios mentais.

Após o crime o próprio suspeito teria acionado a polícia. Na residência, o corpo do pai foi encontrado caído no chão da cozinha e o de Jaqueline sobre a cama. No local, também foi apreendido uma viga de madeira usada para assassinar as vítimas.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, quando os policiais chegaram na casa o jovem estava de banho tomado. Questionado sobre o fato, ele apresentou várias contradições sobre o que havia ocorrido. Na Delegacia, ele foi formalmente interrogado pelo delegado, Carlos Henrique Engelmann, e passou informações desconexas com a realidade.

No interrogatório, ele alegou que o pai foi assassinado por Jaqueline. No entanto, não diz quem foi o responsável pela morte dela. Ele ainda disse que estava o tempo todo em casa e que viu a mulher carregando o pai e depois desferindo os golpes contra ele, mas nada fez para impedir o homicídio por medo de ser atacado.

“Pelas condições físicas, por ser muita franzina, a mulher não teria como ter praticado a ação da maneira relatada pelo suspeito. E quando questionado sobre a morte dela, ele muda o assunto não passando nenhuma informação que condiz com a realidade”, disse o delegado.

Após o crime, o suspeito disse ainda ter se preocupado em fechar as janelas da casa para que moscas não pousassem nos corpos e prendido a cachorra para que não lambessem o sangue das vítimas. A mãe dele apareceu no imóvel e ele pediu para que ela não entrasse, porque não iria gostar da situação que encontraria.

O jovem foi autuado em flagrante por duplo homicídio e o delegado representará pelo exame de psicopatia do suspeito.

Redação Só Notícias