Polícia

Delegada regional de Sinop diz que audiência sobre segurança foi muito positiva

A delegada Regional de Sinop, Maria de Fátima Moggi, disse ao Só Notícias que a audiência púbica sobre segurança foi muito proveitosa e que gostou da participação do público presente. “A vinda dessas pessoas para o município sempre é muito positiva. Por exemplo, o diretor Geral da Polícia Civil, viu de perto a nossa realidade e se mostrou bastante solidário em tomar alguma medida para melhorar nossas condições de trabalho. A audiência foi mais positiva ainda porque todos puderam expor sua opinião e reclamar os problemas. O pedido pelo papel é muito frio e não tem como a gente mostrar realmente pelo que estamos passando, nada melhor do que ver com os próprios olhos”, salientou.

Uma das discussões da audiência foi a reativação das Delegacias da Mulher e de Roubos e Furtos em Sinop. “Na verdade não vamos criar duas novas delegacias e sim criar departamentos dentro da municipal que prestem esses atendimentos específicos. É uma promessa do Governo para dar mais respeito as mulheres”, acrescentou.

A respeito do concurso público a delegada diz que a falta de efetivo policial é o que mais vem prejudicando a segurança de Sinop. “Todas essas medidas e soluções que foram debatidas, não serão de valia nenhuma e não poderão entrar em vigor sem pessoas para trabalhar nessas áreas. Se tivermos pessoal, trabalhamos bem melhor. Com o concurso nossa situação vai melhorar, mas precisamos de pelo menos mais 20 policiais para o município”, reforça.

Só Notícias apurou que nos próximos 10 dias devem chegar à Sinop os computadores que o Governo adquiriu para auxiliar nos trabalhos das Delegacias do Estado. “São 8 computadores para Mato Grosso. Não sei quantos virão para Sinop. O que pretendo fazer é implantar em toda região o sistema de boletim integrado, que já existe em Lucas do Rio Verde, Juara, Peixoto de Azevedo, além de Sinop. Esse sistema facilita e agiliza muito mais nossas ações”, finalizou.

O boletim integrado é um sistema que insere nos arquivos do comando geral da polícia qualquer boletim de ocorrência que está sendo registrado e informa sempre que ele é modificado.

Como Só Notícias já informou, a audiência sobre segurança pública aconteceu na última quinta-feira, 16, na Câmara de vereadores. Foram discutidas várias estratégias para combater a criminalidade de Sinop. Além do diretor Geral da Polícia Civil, delegado Romel Santos, o presidente da Assembléia Legislativa, Silval Barbosa, o secretário Estadual de Justiça e Segurança, Celio Wilson, o comandante geral da PM, Leovaldo Salles, deputados, prefeitos da região, vereadores e presidentes de Instituições estiveram presentes.