Polícia

Apreendido suspeito de envolvimento na morte de homem que teve a língua cortada em Sorriso

O principal suspeito de envolvimento na brutal morte de Francisco Nunes, de 31 anos, foi apreendido, há pouco. O adolescente, 17 anos, estava em sua residência, no bairro São José e negou aos policiais que seria o autor do crime. A vítima foi morta, ontem, na rua 5, bairro Industrial, após ser atingida por ao menos dois tiros, ter o braço direito quebrado e ainda ser espancado. Ele chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao hospital regional, mas não resistiu aos graves ferimentos.

“A divisão de homicídios logrou êxito em realizar a sua apreensão, o suspeito é menor e responderá por ato infracional. Ele é bem conhecido, com diversas passagens, inclusive por crimes contra a vida, de homicídio. Já tem essa expertise de negar, bem dissimulado, apesar de ser menor a gente já consegue identificar bastante indícios de uma vida criminosa, voltada ao crime”, explicou o delegado José Getúlio Daniel.

Os policiais conseguiram realizar a identificação através de imagens de câmeras de segurança na região e o delegado ressaltou que o crime foi praticado com requintes de crueldade. “Verificamos pela gravidade da violência, a vítima teve sua língua cortada, os dentes quebrados, braço quebrado. O crime foi praticado de uma forma extremamente cruel, o suspeito é muito perigoso apesar de ser menor”, detalhou.

Ainda segundo o delegado, vítima e suspeito eram conhecidos e já foram detidos juntos. “Existem alguns crimes anteriores, inclusive que a vítima e suspeito foram pegos juntos, e em tese poderia a vítima ter denunciado o suspeito, realizado a entrega de informações, onde originou a motivação do crime, essa vingança, com meio cruel praticado, devido informações que a vítima passou as autoridades”, pontuou.

Agora, a investigação segue para descobrir se o crime foi ordenado por alguém, em decorrência dos resquícios de tortura. “Especificamente na execução não existem indícios da participação de outros suspeitos, temos algumas imagens que demonstram o apreendido correndo sozinho atrás da vítima. Talvez existam alguns autores mentais, que tenham programado ou determinado a prática dessa execução”, ressaltou.

O delegado também confirmou que solicitará internação do adolescente. “Vai ficar detido, vamos lavrar o ato infracional. Será comunicado ao Ministério Público e representado ao poder judiciário para que seja realizada a internação do menor”, completou.

Francisco está sendo velado e o sepultamento está previsto para ser realizado hoje, às 13h, em Sorriso.

Só Notícias/Luan Cordeiro e Lucas Torres, de Sorriso (fotos: Marcos Rafael - atualizada às 11h27)