Polícia

Acadêmico é assassinado em frente de danceteria em Sinop

Artur Schio Zanella, 24 anos, foi morto, esta madrugada, por volta das 3h25, em frente a danceteria Haus Beer, na avenida Julio Campos. Ele levou um tiro no tórax após um tumulto no local. Foi socorrido com vida pelos bombeiros e encaminhado ao Pronto Atendimento (PA), mas não resistiu e morreu.

O acusado ainda não foi identificado. Testemunhas informaram que ele estava com um revólver e atirou na vítima, fugindo em um veículo. A polícia investiga os motivos da briga que resultaram no homicídio. No boletim de ocorrência consta que houve “um tumulto na danceteria e, na parte externa, na calçada, um elemento usando camiseta preta, disparou contra a vítima”.

O corpo de Artur foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Ele estava cursando medicina veterinária na UFMT e residia em uma cidade da região. Ainda não foi confirmado se o corpo será trasladado ou sepultado em Sinop.

Em abril do ano passado, quatro pessoas foram baleadas na danceteria. O ex-policial rodoviário federal Carlos Gonçalves, 37 anos, fez disparos com uma pistola .40. A jovem Adriana Esser foi atingida na coluna e perdeu o movimento das pernas. O ex-policial permanece preso, em Cuiabá. Seus advogados pediram indenização na Justiça.

(Atualizada às 10h53)