Geral

Sorriso: cadela é encontrada com recipiente preso à cabeça e associação apura ato criminoso

O animal foi encontrado por uma voluntária da Associação de Animais Focinhos Carentes, com um recipiente de plástico preso à cabeça, no bairro São Matheus. A cadela, que está prenha, foi resgatada, e foram cerca de 40 minutos de trabalho para retirar o objeto. Ela foi avaliada por um médico veterinário e, a princípio, está bem.

Entretanto, a associação está apurando se o ato foi criminoso. “Aparentemente se trata de maus-tratos, tento em vista que o recipiente foi tirado com dificuldade e é quase impossível a cadela ter se prendido sozinha, além disso não havia nenhum sinal de comida no objeto indicando que ela tentou pegar e ficou presa”, disse a presidente da entidade Loreane Rodrigues, ao Só Notícias.

A associação ainda não sabe quanto tempo a cadela ficou sem se alimentar. O caso foi publicado nas redes socais e várias pessoas se manifestaram repudiando a ação. Alguns moradores do bairro entraram em contato com a associação oferendo ajuda para tentar identificar o possível dono da cadela ou informações que possam ajudar a desvendar o caso.

Até o momento, a cadela está na residência da colaboradora que a encontrou. Segundo a presidente, assim que os filhotes nascerem serão castrados e vermifugados. Então, em tempo hábil serão colocados a adoção.

Em Alta Floresta, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a morte por envenenamento de ao menos 25 cães, semana passada.

 

Só Notícias/David Murba (foto: reprodução)