Geral

Sepultado em Sinop piloto de avião que caiu na 2ª

O corpo do piloto Ademar Maciel da Silva, 55 anos, foi sepultado agora há pouco no cemitério de Sinop. A família decidiu antecipar o horário do sepultamento. O corpo de Maciel foi velado, desde ontem à noite, na capela de uma funerária e sepultado às 15:00hs. Um número considerável de pessoas compareceu. Maciel residia há 12 anos em Sinop, era piloto há 34, e prestou serviços para empresas, profissionais liberais, empresários e lideranças políticas.

Veja cobertura especial e fotos da tragédia clicando aqui

Maciel pilotava o Corisco PT-NEB que caiu, segunda-feira no início da noite, em uma mata a 20 km do aeroporto de Sinop. Ele retornava de Juína onde, na companhia do médico Eules Preza e do enfermeiro Wagner Vieira, levavan a dona de casa Marlene Amorin e seus gêmeos recém-nascidos para receber atendimento médico.
O avião caiu a cerca de 7 minutos de vôo do local onde pousaria. As causas são desconhecidas e serão apuradas pela Aeronáutica. Três equipes de buscas da Forá Aérea foram mobilizadas, além de centenas de voluntários, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. A aeronave e as vítimas só foram localizadas ontem por volta das 14:00hs e o resgate foi feito com helicóptero.

A viúva de Maciel, Rose Maciel da Silva, manteve contato, agora há pouco, com Só Notícias, “para externar agradecimentos pelo apoio e solidariedade do povo sinopense e de todos que ajudaram nas buscas. Estamos profundamente entristecidos, mas em paz”, finalizou. Maciel tinha dois filhos menores. O primeiro filho, que reside em Londrina (PR) também é piloto e esteve no sepultamento do pai.