Geral

Prefeito vai decretar estado de emergência após chuvas causarem estragos em Peixoto de Azevedo

O prefeito de Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop), Maurício Ferreira de Souza (PSDB) vai decretar hoje, estado de emergência devido aos estragos causados nas pontes, estradas vicinais e residências devido as fortes chuvas nos últimos dias na região. As informações foram confirmadas pela assessoria.

Ontem, os servidores da secretaria de Transportes e Obras iniciaram os reparos emergenciais em vários trechos das estradas na região União do Norte, que é distrito de Peixoto. Foram recuperados alguns pontos com atoleiros no Travessão 00. Também foram feitos reparos em pontes que possibilitam acesso aos moradores das comunidades próximas.

Ainda de acordo com a assessoria da prefeitura, as secretarias de Transportes e Obras já solicitaram o auxílio da Defesa Civil e uma equipe do Estado vai ajudar fazer um levantamento dos danos causados nas pontes, estradas e residências devido ao grande volume de água.

Conforme Só Notícias já informou, na última terça-feira, o córrego das Lavadeiras não suportou o forte volume da água da chuva e transbordou. Os moradores registraram o momento que a ponte que dá acesso aos bairros Nova Esperança e Centro Antigo foi inundada pela forte correnteza.

Além disso, uma GM S10 prata da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), que estava nas proximidades do córrego também foi atingida. O motorista e amigos até tentaram retirá-la do local para evitar que fosse alagada, mas não conseguiram. Algumas ruas e avenidas no centro da cidade também foram alagadas.

Redação Só Notícias (foto: assessoria e divulgação)