Geral

Nortão: após descumprir medidas cautelares e ser preso acusado de matar adolescente é solto novamente

A Justiça determinou a soltura do acusado de matar Marisa Leite Pilati, de 17 anos, em Guarantã do Norte (223 quilômetros de Sinop). O crime ocorreu em janeiro do ano passado, em uma residência na rua 1 A, no bairro Boa Esperança. De acordo com o boletim de ocorrência, Marisa foi socorrida por um vizinho e levada ao hospital municipal, mas já chegou sem vida.

Pouco mais de dois meses após o crime, a Polícia Civil conseguiu prender o acusado. Ele era considerado foragido e estava com um mandado de prisão decretado pela justiça. Em agosto, no entanto, após passar por audiência de instrução, foi colocado em liberdade, mediante o cumprimento de algumas condicionantes. O homem acabou descumprindo as medidas cautelares e, em dezembro, voltou para a cadeia

“A decisão que ordenou a prisão preventiva foi calcada no descumprimento das medidas cautelares, porquanto o acusado apesar de devidamente intimado acerca da medida cautelar de recolhimento domiciliar noturno, não obedeceu a ordem judicial”, disse o juiz Jean Garcia, que determinou a soltura. O magistrado citou ainda que, agora, só falta o depoimento de uma testemunha. “Ademais, conforme consta na decisão que revogou a prisão do acusado em ocasião anterior, os indícios da autoria delitiva do agente seriam frágeis para justificar a manutenção da prisão preventiva”, explicou.

O juiz determinou que o suspeito compareça a todos os atos processuais quando for intimado, mantenha endereço atualizado, não frequente bares, boates, bocas de fumo, prostíbulos ou locais semelhantes, e não porte “quaisquer instrumentos que representem risco à integridade física de outrem, tais como arma de fogo, faca, canivete, estilete e outros congêneres”.

Conforme Só Notícias já informou, testemunhas que estavam com Marisa contaram que dois homens em uma motocicleta vermelha (marca e modelo não informados) chegaram no imóvel e um deles a chamou no portão. Em seguida, houve os disparos e a dupla fugiu. Marisa foi sepultada em Guarantã do Norte.

Só Notícias/Herbert de Souza