Geral

Lançamento oficial da escola móvel do Senai será em Sinop

Ontem de manhã, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai–MT) fez a apresentação de seu novo investimento para qualificação profissional a autoridades do Estado e imprensa: a Escola Móvel de Informática. Estiveram presentes no lançamento, o presidente da Federação das Indústrias no Estado de MT, Nereu Pasini, o diretor tesoureiro da Confederação Nacional da Indústria e secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Alexandre Furlan; o secretário-chefe da Casa Civil, Luiz Antônio Pagot, entre outras autoridades.

A Escola Móvel trata-se de uma carreta com 70 m², construída especialmente para realizar cursos itinerantes no Estado. A escola faz parte do Programa de Ações Móveis (PAM), que já possui quatro unidades móveis de qualificação (Comandos Elétricos, Eletricista Instalador Predial, Panificação e Mecânica de Motocicleta). Com investimento de cerca de R$ 650 mil, a unidade móvel é um projeto inovador e exclusivo no país. O lançamento oficial da nova aquisição será feito na reinauguração da Unidade de Sinop, no dia 29 de setembro.

Segundo o diretor regional do Senai–MT, Gilberto Gomes de Figueiredo, a concretização do projeto é resultado do trabalho conjunto da instituição. “Devido ao bom trabalho que o Departamento de Mato Grosso tem realizado, recebemos o incentivo do Senai Nacional para a aquisição da carreta, que foi projetada pela nossa equipe”, explica. O secretário da Sicme, Alexandre Furlan, aprova a iniciativa da instituição. “Esta unidade móvel fará uma revolução no Estado. Além de possibilitar a realização de cursos de informática nos municípios que ainda não possuem estrutura, contribuirá para o desenvolvimento do Estado”.

De acordo com o secretário da Casa Civil, Luis Antônio Pagot, a parceria do governo do Estado com o Senai, já está garantida. “A inclusão digital é imprescindível para o crescimento de um país. Vamos ser parceiros do Senai porque acreditamos que esse projeto trará resultados positivos para a população, principalmente as que não tem acesso aos cursos nessa área”, ressaltou.

A escola, que tem capacidade para atender até 30 alunos, conta com sistema de ar-condicionado central, 15 computadores de tela plana, televisores, DVD, tela de projeção, frigobar, cadeiras para auditório, entre outros mobiliários e equipamentos. Vários cursos serão disponibilizados na área de informática, desde os mais simples até os mais complexos, como o Linux, Webdesign, Autocad e Delphi. Na próxima semana, os cursos oferecidos pela escola móvel serão realizados nos municípios da região Norte do Estado.