Geral

Judiciário, MP, cooperativa e sociedade destinam verbas e hospital de Peixoto ganhará 14 monitores e 5 respiradores

A comarca de Peixoto de Azevedo destinou R$ 300 mil para compra de 14 monitores e 5 respiradores que serão usados no Hospital Regional no tratamento das pessoas com Covid. A destinação ocorreu decisão do juiz diretor Evandro Juarez Rodrigues, em uma ação de dano ambiental.

Também foram entregues, em conjunto com a cooperativa dos Garimpeiros, empresários e a sociedade, respiradores, bombas de infusão e monitores multiparâmetro que representam mais de R$ 800 mil em equipamentos.

“A saúde do município e de todo o país se encontra em crise. E é justamente neste momento que precisamos unir forças com toda a sociedade para conseguirmos ajudar o hospital regional e os pacientes da Covid”, disse o magistrado.

A diretora do hospital Regional de Peixoto de Azevedo, Veroni Maria Panceira, define que a sociedade peixotense é diferenciada. “Todas às vezes que temos uma necessidade de qualquer ordem, a sociedade toda se envolve para ajudar. E essa ajuda beneficia o atendimento da população local e de pacientes de toda a região. Por isso, agradecemos muito ao poder judiciário e aos demais doadores, que estão nos ajudando nesta batalha contra o Covid”, afirma.

Os equipamentos vão auxiliar no monitoramento dos pacientes proporcionando aos profissionais resultados para constatar se estão tendo melhora ou não no tratamento.

O promotor Marcelo Mantovani Beato, destaca que a doação só pode ser realizada graças à uma ação conjunta entre o judiciário, a promotoria, a entidade que reúne os garimpeiros e a sociedade. “A intenção é melhorar o atendimento à população da região, bem como evitar que o quadro de saúde das pessoas contaminadas e internadas evolua de maneira negativa”, explicou, através da assessoria.

Peixoto tem 169 pessoas com a doença em isolamento domiciliar, 20 internados e 94 mortes desde o início da pandemia.

Só Notícias (foto: Só Notícias)