Geral

Homem que matou irmão foi condenado a 13 anos de prisão em Nova Mutum

Os jurados consideraram o réu Cícero Valdizar Gonçalves culpado pela morte do irmão dele, Antônio Vandeberto Gonçalves, no julgamento realizado ontem, na comarca de Nova Mutum. Cícero foi condenado a 13 anos e 10 dias de reclusão, por homicídio e ocultação de cadáver.

Cícero matou Antônio com vários tiros, no dia 11 de fevereiro de 2003, na fazenda Mutum. Ele foi julgado por homicídio qualificado. Já estava preso na cadeia de Diamantino há 2 anos. Depois de cumprir parte da pena, ele poderá solicitar prisão em regime semi-aberto.

Esta foi o único julgamento desta temporada na comarca de Nova Mutum, presidido pelo juiz Gabriel da Silveira Matos e a acusação foi do promotor Luiz Gustavo Mendes de Maio.