Geral

Helicóptero do Ministério da Defesa Civil chega em agosto

O helicóptero que será cedido pelo Ministério da Defesa deverá chegar a Mato Grosso na primeira semana de agosto. A aeronave vai substituir provisoriamente o helicóptero Águia Uno. O Governo do Estado já publicou o edital de licitação da nova aeronave e o pregão para a compra será nesta segunda-feira (04.07).

De acordo com o capitão Eumar Novacki, chefe de gabinete do governador Blairo Maggi, o helicóptero é o modelo Esquilo, o mesmo usado pela Polícia Militar do Estado. “A aeronave foi toda revisada e está praticamente nova. O comandante do Grupamento Aéreo de Mato Grosso (Graer), tenente-coronel Mattos, juntamente com um engenheiro aeronáutico, esteve no Rio de Janeiro para conferir”, informou.

O Comando da Aeronáutica está elaborando um convênio para ser assinado com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), para firmar o empréstimo da aeronave por seis meses, prazo este, que poderá ser renovado por mais seis meses. Esse convênio deverá ser assinado no dia 20 de julho.

O Centro Tecnológico da Aeronáutica e o Departamento de Viação Civil estão fazendo toda a revisão dos equipamentos e documentação. “Esse processo é bastante burocrático e por isso a demora. O helicóptero pertence à Aeronáutica, ou seja, de uso militar, e para vir a Mato Grosso, ele deverá ser homologado para a aviação civil. São as normas de vôo usadas pela Polícia Militar”, explicou Novacki, que também é piloto de helicóptero.

A aeronave será adaptada para a atividade policial, como patrulhamento aéreo, repressão ao crime, captura, suporte para o controle de rebeliões e, principalmente, no serviço de resgate.

“O governador Blairo Maggi manteve contato direto com o ministro da Defesa Civil, o vice-presidente José de Alencar, para que esse processo seja realizado o mais rápido possível, pois a necessidade do helicóptero para atender o Estado é premente”, enfatizou o capitão.

GRAER – O Grupamento Aéreo de Mato Grosso (Graer) é composto de 29 policiais, sendo seis habilitados para pilotar o helicóptero.