Geral

Empresa inicia construção de guarita no campus da UFMT Sinop

Teve início, esta semana, a construção da guarita na entrada da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus de Sinop. Ao Só Notícias, o pró-reitor da unidade, Marco Antônio Araújo Pinto, disse que o prazo para as obras é de até quatro meses. No entanto, não soube precisar o valor do investimento, mas disse que o dinheiro foi liberado pelo Ministério da Educação (MEC).

Para não prejudicar o tráfego de veículos, já que esta era a única opção para adentar o campus da universidade, uma entrada provisória foi aberta ao lado do hospital veterinário.

Além da guarita, o pró-reitor também disse que outras obras também estão em andamento no campus como a construção de sete salas de aulas, seis laboratórios e o centro administrativo. Duas empreiteiras serão responsáveis por todas estas obras e já iniciaram a terraplanagem e construção de um barracão. “Agora, elas [empresas] terão um prazo de dez meses para finalizá-las”, ressaltou Marco Antônio, afirmando ainda que o prédio da farmácia, que estava com as obras paralisadas, também já foi para licitação e deve continuar nos próximos dias.

Conforme Só Notícias já informou, em julho do ano passado, estudantes deflagraram uma greve em busca por melhorias para unidade. Eles reivindicam aquisição de equipamentos para o hospital veterinário, construção de um centro de vivência e a disponibilização de um centro provisório até que o permanente fique pronto; construção de um complexo esportivo; ampliação da biblioteca; funcionamento do restaurante universitário; construção de uma guarita e mais segurança; criação do conselho máximo da universidade; estruturação; unificação da fazenda experimental e legalização do fotocópia.

A UFMT Sinop tem cerca de três mil acadêmicos nos cursos Agronomia, Enfermagem, Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia Florestal, Farmácia, Medicina Veterinária, Zootecnia, Licenciatura em Ciências da Natureza, com ênfase em Física, Matemática e Química.