Geral

Dois que morreram na queda de avião que pegou fogo em MT serão sepultados no Paraná

Os corpos de Júlio Cezar Sganzerla, de 34 anos, estão sendo trasladados para Nova Aurora, e de Rodrigo de Paula Schneider, de 30 anos, para Toledo, no Paraná. As informações foram confirmadas pela funerária Aliança, ao Só Notícias. Eles morrem após o avião que estavam cair e pegar fogo, em uma fazenda, às margens MT-243, a cerca de 10 quilômetros de Querência (959 km de Cuiabá), ontem.

De acordo com o soldado da PM, eles foram identificados pelos familiares. “Eram bastante conhecidos aqui na região. Decolaram de um aeroclube próximo de uma fazenda e os documentos foram encontradas pelos familiares nos veículos que ficaram estacionados”, explicou.

As causas de como ocorreu o acidente ainda são desconhecidas e serão investigadas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VI), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

É o segundo acidente com avião, em Mato Grosso, nos últimos 15 dias. Em União do Norte, distrito de Peixoto de Azevedo, a aeronave pilotada por Maicon Semencio Esteves, de 27 anos, caiu em uma mata e pegou fogo. Ele conseguiu sair, passou 3 dias na mata se alimentando só com bolachas, foi resgatado e está internado em UTI de hospital em Sorriso se recuperando.

 

Só Notícias/Cleber Romero (Atualizada 10:41h - fotos: divulgação)