Geral

Quatro da mesma famílias que saíram do Nortão e morreram em acidente são trasladados para o Rio Grande do Sul

Os corpos do produtor rural Laurentino Iora, de 74 anos, sua esposa Teresa Formintini, 77 anos, Luiz Carlos Iora, 53 anos, filho do casal, e Rosane Iora, 53 anos, esposa de Luiz, saíram, hoje, por volta de 11h do Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá com destino a Saldanha Marinho (320 km de Porto Alegre). Anteriormente, havia previsão que o translado ocorresse em táxi aéreo, porém, os quatro estão sendo levados de carro e devem chegar amanhã ao Rio Grande. Os velórios serão no ginásio municipal Edmundo Roehrig.

Eles estavam em um Jeep Compass, quando se envolveram em acidente com uma carreta Scania branca carregada com gás e um terceiro veículo (marca e modelo não confirmados) ontem, por volta das 9h35, na BR-364, em  Várzea Grande. A família teria saído do distrito de Boa Esperança, que pertence a Sorriso, onde passavam o ferido de Dia dos Pais visitando familiares.

O carreteiro que conduzia a Scania, placas de Várzea Grande, sofreu ferimentos na cabeça, foi socorrido pelo resgate e levado ao Pronto Socorro de Várzea Grande. O carro ficou com a frente completamente destruída. Diversos botijões caíram da carreta e ficaram espalhados na rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez o controle do tráfego.

O prefeito de Saldanha Marinho (RS), Volmar Teles do Amaral, decretou luto de três dias pelo falecimento da família “pioneira e que muito contribuiu para o município”, informou a assessoria.

 

Só Notícias/David Murba (fotos: reprodução/arquivo)