Economia

Governo do Estado avança em nova etapa para obter empréstimo de US$ 250 milhões

O governador Mauro Mendes e o secretário de Fazenda Rogério Gallo se reuniram, hoje, com o secretário do Tesouro Nacional do Brasil, Mansueto Almeida, para tratar da liberação do empréstimo de US$ 250 milhões com o Banco Mundial e Mauro apontou que foi possível vencer mais uma batalha para o empréstimo ser concedido. “Essa foi uma agenda importante para Mato Grosso, mais um capítulo para nós conseguirmos efetivar a nossa repactuação de dívida do Bank of América com o Banco Mundial. Agradeço muito aos técnicos do tesouro que estão tendo uma atitude muito diligente com o Estado de Mato Grosso ”, destacou.

O secretário Massueto destacou o trabalho realizado pelo Estado até o momento. “Nós vamos analisar, mas quero salientar o seguinte, que o Estado de Mato Grosso na atual gestão tem feito um excelente trabalho de ajuste fiscal. O governador pegou um Estado com as contas desequilibradas, que está com nota C e já, desde o início do ano, tem aprovado medidas importantes na Assembleia Legislativa sinalizando que o Estado busca de fato um equilíbrio fiscal de recuperar a sua capacidade de investimento”, ressaltou o secretário.“Para nós do tesouro nacional é uma alegria ver sua equipe empenhada na busca do ajuste fiscal e do controle de suas despesas”, emendou.

Ainda há outras duas etapas até que o processo chegue ao Senado Federal para aprovação dos parlamentares. “Como esse assunto vai para a comissão de assuntos econômicos. Lá nos temos os três senadores que atuaram na mesma linha. Esse empréstimo é bom para Mato Grosso, dá um fôlego fiscal e ajuste nas contas, a questão salarial e as obras que precisam ser tocadas, principalmente, as obras inacabadas. Então, ele tem o apoio de toda a bancada, porque tenho certeza que isso vai viabilizar a curto e médio prazo a situação econômica do Estado”, afirmou o senador Wellington Fagundes.

O líder da Bancada Federal, Neri Geller, que também acompanhou a agenda do governador, destacou que “o Estado de Mato Grosso tem feito os enfrentamentos que são necessários e essa matéria é exatamente nessa linha, de reduzir a taxa de juro de uma dívida que acaba por penalizar Mato Grosso, para que possamos tirar o Estado desse atoleiro”.

Mauro Mendes enalteceu o apoio “da nossa bancada federal e o senador Wellington Fagundes. Ainda temos outras etapas para serem vencidas”.

Só Notícias (foto: assessoria)