Geral

Começa instalação de câmeras de segurança em Guarantã do Norte; investimento de R$ 150 mil

Oito câmeras de segurança “speeddome” estão sendo instaladas pela região central de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop). A delegacia regional de Polícia Civil e o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) apresentaram ao Poder Judiciário o projeto de implantação de vídeo monitoramento que foi aprovado e será operado pela PM.

O valor para instalação está orçado em R$ 150 mil e permitirá que seja possível agir de forma mais proativa no combate à criminalidade. “Nós da Polícia Civil sabemos que muitas vezes precisamos do apoio da Polícia Militar – e vice-versa. Essa união entre as forças policiais alivia um pouco o déficit de servidores, mas ainda assim não é o bastante”, disse o delegado Geraldo Gezoni Filho.“Não é segredo para ninguém que o efetivo da segurança pública no interior do Estado é reduzido”, emendou. As câmeras serão operadas pela Polícia Militar e Civil, ambas terão salas com acesso as imagens.

A câmara municipal também aprovou, por unanimidade, os projetos de doação de três áreas com 87×48 m², 60×48 m² e 20×48 m² na avenida Guarantã, na região do bairro Setor Industrial, para instalação do Comando Regional da Polícia Militar e as delegacias municipal e regional da Polícia Civil, respectivamente.

O Estado tem 12 meses para iniciar as obras. Caso isso não ocorra, os imóveis voltam a pertencer ao município. De acordo com a assessoria da secretaria de Segurança Pública, a decisão para que as atividades do Comando Regional sejam conduzidas em Guarantã do Norte se deve este município estar incluído como uma das Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP), conforme o decreto estadual de número 183/2015 que também abrange mais 14 cidades de Mato Grosso (Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis, Barra do Garças, Cárceres, Tangará da Serra, Juína, Alta Floresta, Vila Rica, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Água Boa e Nova Mutum).

 

Só Notícias/David Murba (fotos: reprodução)