Geral

Bombeiros de MT utilizarão cães para ajudar encontrar mulher no Pará; homem atingido por árvore morreu

Os militares do Corpo de Bombeiros de Cuiabá vão reforçar as buscas com dois cães farejadores por uma mulher, de 35 anos, que está desaparecida há cerca de 5 dias, em uma região de mata nas proximidades de Cachoeira da Serra, que é distrito de Altamira, no Pará. O segundo sargento BM, Moacir Machado disse, que a equipe é formada por 10 militares de Colíder, Guarantã do Norte e Itaituba (PA).

“Essa equipe de Cuiabá vai auxiliar nas buscas. A área para fazer a varredura é muito grande. Além disso, a mata é fechada e, até agora, não foi encontrado nenhum sinal do local onde ela pode estar. Já são cinco dias de buscas e esse tempo acaba complicando ainda mais a localização. Os militares já andaram muito pela região e entraram em vários pontos”, explicou Machado.

A mulher desapareceu após o marido dela, Adelar Cordeiro dos Santos, de 45 anos, ser atingido por uma árvore no sítio deles, localizado a cerca de 70 quilômetros da BR-163, nas proximidades de Cachoeira da Serra, que é distrito de Altamira, no Pará, na sexta-feira. Ele era morador de Guarantã do Norte, onde foi sepultado, no último domingo, segundo a funerária São Judas.

Um familiar informou, anteriormente, ao Só Notícias, que Adelar e a esposa, de 35 anos, estavam fazendo a derrubada na propriedade quando ele acabou sendo atingido pela árvore. O corpo dele foi encontrado por funcionário de uma fazenda. “Ela toma medicamentos controlados, sofre de depressão e as vezes têm surtos. É possível que ela tenha entrado em desespero ao ver o marido morto, entrou na mata e desapareceu”, disse.

Adelar Cordeiro tinha dois filhos, de 11 e 17 anos.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria/arquivo)