segunda-feira, 26/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Após determinar novo julgamento, Tribunal de Justiça solta acusado de matar mulher em Mato Grosso

PUBLICIDADE
Só Notícias/Herbert de Souza (foto: assessoria)

O Tribunal de Justiça mandou soltar Marcelo Wypychovoski, apontado como autor da morte de Jéssica Payerl Antunes, de 23 anos. A vítima foi assassinada a tiros em um bar no bairro Jardim Imperial, em Colniza (1 mil quilômetros de Cuiabá), em novembro de 2019.

Em junho de 2022, conforme Só Notícias informou, Marcelo foi a julgamento e acabou condenado a 13 anos de cadeia. A defesa, porém, recorreu ao Tribunal de Justiça e os desembargadores, em outubro do ano passado, decidiram anular a sentença e determinar um novo júri. 

Até o momento, o acusado seguia na cadeia aguardando a realização do novo julgamento, que, inicialmente, estava previsto para fevereiro, mas acabou remarcado para maio. Com isso, os desembargadores, em pedido de habeas corpus, determinaram que ele fosse colocado em liberdade, em razão de já estar há quatro anos preso. 

Marcelo terá que comparecer a todos os atos processuais, não poderá sair da comarca sem autorização judicial e terá que manter endereço atualizado. O novo júri está previsto para o dia 22 de maio. 

Marcelo foi preso pela Polícia Civil com apoio da Polícia Militar, dias após o crime, na residência dele, na região central de Colniza. No imóvel, também foi apreendida uma Honda Bros vermelha, com as mesmas características apontadas por testemunhas na cena do crime.

Conforme Só Notícias já informou, uma ambulância chegou a ser acionada para fazer os atendimentos necessários, mas Jéssica já estava sem vida no local. Um sargento detalhou ainda que testemunhas presenciaram o momento que o homem chegou no local em uma moto, foi em direção à vítima e efetuou os disparos. Depois disso, saiu tranquilamente, subiu na motocicleta e fugiu.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui. 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE