sábado, 20/abril/2024
PUBLICIDADE

Homem que matou mulher a tiros em bar em Mato Grosso é condenado a 13 anos de cadeia

PUBLICIDADE
Só Notícias/Herbert de Souza

O tribunal do júri condenou a 13 anos de cadeia Marcelo Wypychovoski, apontando como autor da morte de Jéssica Payerl Antunes, de 23 anos. A vítima foi assassinada a tiros, em um bar, no bairro Jardim Imperial, em Colniza (1 mil quilômetros de Cuiabá), em novembro de 2019.

Submetido a julgamento, o réu foi reconhecido pelos jurados como responsável pelo homicídio, cometido por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. Por outro lado, os jurados afastaram a qualificadora de crime cometido contra a mulher em razão do gênero (qualificadora do motivo fútil).

Após a decisão dos jurados, coube à juíza Lucélia Oliveira Vizzoto fixar a sentença de 13 anos de cadeia. Ela ainda decidiu que o regime de cumprimento da pena será o fechado. Desta forma, Marcelo seguirá na cadeia. Ainda cabe recurso.

Marcelo foi preso pela Polícia Civil com apoio da Polícia Militar, dias após o crime, na residência dele, na região central de Colniza. No imóvel, também foi apreendida uma Honda Bros vermelha, com as mesmas características apontadas por testemunhas na cena do crime.

Conforme Só Notícias já informou, uma ambulância chegou a ser acionada para fazer os atendimentos necessários, mas Jéssica já estava sem vida no local. Um sargento detalhou ainda que testemunhas presenciaram o momento que o homem chegou no local em uma moto, foi em direção à vítima e efetuou os disparos. Depois disso, saiu tranquilamente, subiu na motocicleta e fugiu.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Carro se parte ao meio após colisão com caminhonete em Sinop

O acidente envolvendo o VW Gol branco e a...

ANP diz que preço médio do gás de cozinha em Sinop baixou

O preço médio do gás de cozinha em Sinop...

Ordem de serviço para modernizar Sema Juína é assinada pelo governador

A secretaria de Meio Ambiente de Mato Grosso deu...
PUBLICIDADE