Esportes

União aposta em jogadores mais experientes para conquistar o Mato-grossense

O União de Rondonópolis apostará na mescla da experiência com a juventude para tentar quebrar a hegemonia do Cuiabá no Campeonato Mato-grossense deste ano. Com o trabalho ‘pés no chão’, o Colorado decidiu investir em jogadores “rodados” para dar um equilíbrio com os atletas que estiveram disputando a Copa FMF do ano passado, quando a equipe não conseguiu classificação à fase semifinal.

Na lista dos mais experientes, a diretoria repatriou o meia Calado, hoje com 33 anos. Campeão estadual pelo Vila Aurora e Cuiabá, o atleta será um dos responsáveis em ser a voz do técnico Odil Soares dentro de campo.

Além de Calado, o União contratou o atacante Andrezinho, hoje com 32 anos. Irmão do meia-atacante Valdívia, jogador do Internacional de Porto Alegre, o atleta foi artilheiro do Mato-grossense de 2017 com nove gols, defendendo as cores do Sinop Futebol Clube na campanha do vice-campeonato.

Outros jogadores acima de 30 anos também fazem parte do atual elenco colorado como o experiente goleiro Neneca, com 38 anos; o meia Leandro, hoje com 35 e surgiu na base do Santos no início do ano 2000. O volante Nildo, hoje com 35 anos, também é aposta da experiência para levar o União a quebrar o longo jejum de nove anos sem conquistar o principal título do futebol de Mato Grosso – o último e único título foi em 2010.

Para Odil Soares, a chegada de reforços experientes aliada a presença de jovens promessas o ajudará a ter um grupo competitivo. Segundo ele, esta mescla o leva a ter uma boa expectativa neste ano. “É um grupo bastante homogêneo. Ao mesmo tempo que temos atletas muito jovens, do outro temos também profissionais experientes, carimbados. Isso nos ajudará bastante. O Andrezinho é uma ótima aposta. É verdadeiro finalizador. Não tenho dúvida que o União fez ótima aquisições para o campeonato”, finalizou o treinador.

A Gazeta (foto: assessoria/arquivo)