Esportes

Treinador do Mixto diz que vitória sobre o Sinop foi difícil na estreia da Copa Mato Grosso

O treinador do Mixto Esporte Clube, Gianni Freitas, classificou como difícil a vitória sobre o Sinop, ontem à noite, por 2 a 1, na estreia dos dois time na Copa Mato Grosso, no Gigante do Norte. Conhecedor de boa parte da equipe sinopense (ele foi treinador do Galo no primeiro semestre), Gianni armou bem o time mixtense que saiu vitorioso na estreia, no Gigante do Norte,  “Foi difícil, um jogo complicado, nós sabíamos que ia ser assim. Treinamos só esta semana, quatro sessões de treinos. Ainda falta muito a evoluir. O Sinop, dentro de casa é uma equipe dificílima de ser batida”, avaliou.

Sobre a estreia do atacante Tiarinha (também ex-Sinop), que fez o segundo gol, na falha da defesa sinopense e carimbou a vitória do Tigre, o técnico disse que ele “é um goleador, quando a diretoria do Mixto sinalizou a contratação eu falei: ainda bem que vêm para mim e não para os meus adversários. É um jogador que dentro da área é muito preciso”.

Sobre a vitória em cima do Galo o Norte, Freitas manteve a humildade e disse que o time não foi mais eficiente, “mas esteve mais focado. Nós acreditamos no nosso patrão de jogo, começamos do início ao fim dentro daquilo que planejamos durante a semana de trabalho”.

Para o treinador do Sinop, Geferson Anderson da Silva, o “Gel”, o Galo do Norte teve dois momentos. “Acho que a equipe pressionou muito o Mixto. Não conseguimos fazer os gols que apareceram, em duas bolas isoladas tomamos os gols. Acho que não merecíamos essa derrota, mas agora é levantar a cabeça e trabalhar o que foi de errado nesse jogo, para conseguir a primeira vitória fora de casa. Acho que no primeiro tempo o goleiro deveria ter sido expulso naquela bola com o Moskito. A arbitragem veio falar que não estava em direção ao gol. Isso não existe, mas é levantar a cabeça e corrigir os erros”, disse.

O próximo compromisso do Sinop é nesta 4ª feira à noite na partida de volta da Copa Verde, contra o Costa Rica (MS) e tem que vencer para ficar com a vaga porque, em Campo Grande, perdeu por 2 a 1.

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)