Esportes

Mixto leva gol, busca virada e abre vantagem contra o Luverdense na semi da Copa Mato Grosso

O Mixto conseguiu sair em vantagem no primeiro jogo da semifinal da Copa Federação Mato-grossense de Futebol (FMF). Em partida disputada, esta noite, na Arena Pantanal, em Cuiabá, o Tigre derrotou o Luverdense, por 2 a 1.

A equipe de Lucas abriu o placar, ainda no primeiro tempo, com Gustavo. O Mixto voltou melhor no segundo tempo e conseguiu empatar, aos 8, com Boré. A virada veio aos 17 da etapa final, com Alan Júnior.

O jogo de volta será no sábado (12), as 18h, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. O vencedor do confronto enfrenta União ou Cuiabá na final. No primeiro duelo, as equipes empataram em 2 a 2 em Rondonópolis.

Aos 5, o Mixto teve boa chance em cobrança de falta na entrada da área. O jogador do Tigre bateu por fora da barreira e mandou pela linha de fundo. Aos 9, o Alvinegro quase abriu o placar, com Wilson, que bateu de fora da área para defesa do goleiro Patiego. Na sequência, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Alan Júnior, que puxou e bateu no centro do gol. O goleiro do Luverdense ficou com a bola.

Apesar do Mixto ter dominado as ações ofensivas nos primeiros minutos, foi o Luverdense que abriu o placar, aos 14. Após cobrança de lateral, a bola foi cruzada rasteira na área. Gustavo dominou, girou e bateu no canto para fazer o primeiro gol do jogo.

Depois do revés, o Luverdense se compactou e o Mixto teve dificuldades para criar novas oportunidades. Aos 35, Peixinho limpou a defesa e tentou passe por cobertura. A zaga do Luverdense cometeu falta e impediu o jogador do Mixto de receber a bola. O juiz anotou a falta, na entrada da grande área. Na cobrança, Peixinho chutou a bola na barreira.

O Mixto voltou com tudo para o segundo tempo. Logo aos 2 minutos, Vinicius arriscou de longe e a bola explodiu no travessão de Patiego. Aos 7, o Tigre quase empatou com uma pintura. Guilherme aproveitou cruzamento na área, dominou e emendou uma bicicleta. A bola saiu por cima do gol. O empate, por outro lado, saiu logo na sequência. Após cobrança de escanteio, aos 8, Boré subiu mais que os zagueiros e cabeceou, sem chances para Patiego.

O Luverdense tentou reagir, aos 15. Em cruzamento, Léo Goteira subiu sozinho e cabeceou por cima da meta do goleiro do Mixto. A equipe de Lucas, porém, acabou levando o segundo, aos 17. Adriano Peixinho saiu em contra-ataque rápido e lançou Alan Júnior, que dominou, invadiu a área e tocou no canto, sem chances para Patiego.

Aos 28, Lázaro tocou para Alan Júnior, que bateu forte e Patiego fez a defesa. A situação do Luverdense ficou ainda mais difícil aos 39. Abu parou contra-ataque do Mixto com falta. Após levar cartão amarelo, o atleta reclamou bastante e acabou levando cartão vermelho.

Apesar da desvantagem numérica, o Luverdense quase empatou o jogo, aos 46. A bola foi alçada na área e Cauê, sozinho, cabeceou para fora.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: reprodução)