Esportes

Luverdense é derrotado pelo Operário e precisará vencer o Mixto para permanecer na Série A

O Luverdense Esporte Clube não suportou a pressão do Operário Várzea-grandense, esta manhã, e perdeu por 4 a 0, em partida valida pela 8ª rodada do Campeonato Mato-grossense, no estádio Dito Souza. Os gols foram marcados por João Guilherme – duas vezes, Pikachu e Calito no final do segundo tempo. Com esse resultado, a situação do time de Lucas do Rio Verde ficou complicadíssima e terá que vencer o Mixto Esporte Clube, no estádio Passo das Emas, no próximo domingo, às 15h para não cair para Série B.

Ontem, o Mixto venceu o Poconé, na Arena Pantanal por 1 a 0, somou três pontos, subiu para 8ª colocação e voltou a colocar o Luverdense na 9º colocação. Dessa forma, a definição do rebaixamento ficará para a última rodada no confronto direto entre as duas equipes. O Mixto está com 7 pontos e o Luverdense com 5.  Já o Operário viaja para encarar o Sinop, no estádio Gigante do Norte, no mesmo data e horário.

O jogo – Para conseguir sair da zona da degola, o Luverdense entrou em em campo pressionado. Já o Operário de Várzea Grande classificado à próxima fase começou mais calmo buscando resultado para encostar nos líderes da tabela.

Nos primeiros minutos de jogo, a equipe do Alviverde dominou o toque de bola buscado aproximação da área do Operário. Não demorou muito o Operário de Várzea Grande marcou o primeiro. Aos 2, João Guilherme se antecipou, dominou de cabeça e mandou para o gol abrindo o marcado. A bola ainda tocou na trave antes de balançar as redes. Operário 1 x 0 Luverdense.

Aos 6, Operário quase marcou novamente. No sufoco na pequena área, Caíque ficou na primeira trave, o goleiro do Luverdense não saiu para desviar e, por muito pouco, ele não fez o segundo. Aos 11, a equipe do Luverdense sentiu o peso do gol logo no início de jogo e começou a errar até na troca de passes.

Aos 12, o time de Lucas do Rio Verde teve a primeira oportunidade gol. Gustavinho recebeu pela lateral e finalizou bem, mas o goleiro do Operário estava atendo e fez uma linda defesa. Aos 14, Isaque do Luverdnese é agarrado dentro da pequena área e o arbitro não marcou pênalti. Jogadores ficaram revoltados e fizeram cobranças ao comandante do jogo.

Aos 16, o Luverdense cresceu no jogo e começou a colocar pressão no Operário de Várzea Grande buscando reverter o placar ainda no primeiro tempo. Aos 20, o goleiro Felipe Rocha teve contusão e precisou ser subsistido pelo reserva Pedrão. Aos 24, rolou uma confusão entre os jogadores da Luverdense e Operário e árbitro expulsou Mendes e Caio Matias.

Aos 28, João Guilherme teve mais uma oportunidade clara de marcar mais um para o Operário. Recebeu sozinho, mas não conseguiu finalizar bem para o gol. Aos 29, teve para técnica devido ao clima quente em Várzea Grande. Na retomada do jogo, setor defensivo fez bom lançamento na área do Operário, mas sem sucesso na conclusão da jogada.

Aos 35, o Luverdense teve mais uma chance de marcar. Isaque subiu alto na cobrança de escanteio, mas o goleiro do Operário ganhou o lance. Aos 36, Pikachu ampliou o placar para o Operário após o zagueiro Samuel não conseguir fazer o corte. Operário 2 x 0 Luverdense. Jogadores da equipe do Nortão sente os dois gols sofridos e jogadas ficam mais recuadas.

Aos 43, Luverdense sofre ‘apagão’ na zaga, João Guilherme do Operário fez boa jogada e perdeu mais uma oportunidade de marcar o terceiro. Pedrão salvou o Alviverde. Aos 45, os jogadores do Operário começaram a segurar o jogo aproveitando o bom placar. Fim do primeiro tempo.

Na segunda etapa, ambas as equipes voltaram sem alterações. Aos 2, Gustavinho recebeu lançamento e acaba recebendo neutralização muito forte da zaga do Operário e árbitro marca falta. Na cobrança, Luan lançou direto, goleiro do Operário subiu alto e ficou com a bola. Aos 5, Pikachu cruzou bem na pequena área e a defesa do Luverdense teve trabalhado para evitar mais um gol do Operário.

Aos 14, desesperado pelo resultado, Luverdense arriscou de qualquer maneira e com tranquilidade o Operário segurou o jogo mantendo o resultado positivo no Dito Souza. Aos 17, o goleiro do Operário precisou subir alto para neutralizar jogada do Luverdense, que teve boa oportunidade.

Aos 22, o Alviverde perdeu mais uma oportunidade em jogada de ataque, mas com a falta de sintonia na troca de passes a defesa do Operário acabou fechando. Aos 24, João Guilherme tocou por cima encobrindo o goleiro Pedrão e fez um golaço. Operário 3 x 0 Luverdense.

Aos 33, Operário passou a segurar o jogo e o Luverdense ficou sem reação para conseguir marcar e armar jogadas. Aos 40, jogo morno e sem jogadas de perigo para ambas as equipes. Aos 46, o Operário definiu o jogo ao marcar o quarto gol. Calito bateu rasteiro e Pedrão não teve chances de defender. Fim de jogo.

Classificação:

1° Cuiabá – 18 pontos
2° União – 16
3° Operário – 15
4° Sinop – 14
5° Nova Mutum – 12
6° Dom Bosco – 11
7° Poconé – 8
8° Mixto – 7
9° Luverdense – 5
10° Araguaia – 3

Redação Só Notícias (foto: assessoria - atualizada às 18h25)