quarta-feira, 28/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Libertadores: Atlético-PR deve administrar vantagem para alcançar final inédita

PUBLICIDADE

O primeiro ato foi perfeito para o Atlético Paranaense, que fez 3 a 0, em Curitiba e abriu grande vantagem nas semifinais da Copa Libertadores. Resta saber se os comandados de Antônio Lopes conseguirão administrá-la hoje, em Guadalajara, às 22 horas (de Brasília), quando encaram o Chivas por uma vaga na decisão da competição.

Teoricamente, a missão do Furacão não é das mais complicadas, uma vez que o time pode perder por até dois gols de diferença. Caso consiga balançar as redes dos donos da casa uma única vez, poderá ser vazado em quatro ocasiões e, ainda assim, alcançará a inédita decisão.

A semifinal, aliás, já é algo histórico para o Atlético, mas os jogadores parecem dispostos a superá-lo. ‘Alcançamos um feito inédito, mas o importante, para nós jogadores, é o título. Estamos conscientes da nossa responsabilidade’, afirmou o meio-campista Alan Bahia.

O jogador sabe que o favoritismo é todo do Rubro-Negro e entende que os torcedores já contam com a classificação para a decisão. ‘Estamos mais tranqüilos, mas não tem nada ganho. Não podemos nos acomodar, pois a responsabilidade ficou ainda maior para nós. Com a vantagem de três gols, não podemos deixar escapar essa classificação’, acrescentou.

O técnico Antônio Lopes, no entanto, pode ter problemas para escalar sua equipe. Isso porque o atacante Aloísio, destaque na partida de ida e no confronto contra o Santos, nas quartas-de-final, sente dores no joelho esquerdo e é dúvida. Caso ele não possa atuar, Cléo e Jorge Henrique são as opções.

Pelo lado do Chivas, a boa notícia veio da Fifa, que atendeu ao pedido dos dirigentes e autorizou os jogadores que estão servindo à seleção mexicana, na Copa das Confederações, a disputar a semifinal da Copa Libertadores. Eles atuaram na disputa de terceiro lugar contra a Alemanha, nesta quarta, mas receberam permissão para entrar em campo menos de 48 horas depois.

Desta forma, o técnico Benjamin Galindo poderá contar com os goleiros Oswaldo Sánchez e Jesús Corona, além do zagueiro Carlos Salcido, do volante Ramón Morales, e dos atacantes Alberto Medina e Omar Bravo, que está recuperado de uma contusão. Só Adolfo Bautista desfalca os mexicanos.

Ficha Técnica
Chivas-México x Atlético-PR

Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara (MEX)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Torres (PAR)
Assistentes: Nelson Cano (PAR) e Nelson Servian (PAR)

CHIVAS: Oswaldo Sánchez, Rafael Medina, Carlos Salcido, Francisco Rodríguez (Héctor Reynoso) e Omar Aguayo; Ramón Morales, Christian Ramírez (Manuel Sol), Juan Pablo Alfaro e Oribe Peralta; Alberto Medina e Omar Bravo.
Técnico: Benjamin Galindo

ATLÉTICO-PR: Diego, Danilo, Durval e Marcão; Jancarlos, Leandro, Cocito, Alan Bahia e Fernandinho; Lima e Aloísio (Cléo ou Jorge Henrique).
Técnico: Antônio Lopes

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE