domingo, 3/março/2024
PUBLICIDADE

Feras do motocross nacional chegam amanhã em Cuiabá para o Brasileiro

PUBLICIDADE

O clima para a realização da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, edição 2005, vai esquentar nesta sexta-feira, com a chegada dos pilotos que participam da competição. A Federação Mato-grossense de Motociclismo calcula que aproximadamente 150 pilotos virão a Cuiabá para competir na prova deste final de semana (dias 28 e 29), na pista da Lagoa Trevisan. A maioria deve chegar até a noite desta sexta-feira.

A prova de domingo será organizada pela CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), em conjunto com a Federação Mato-grossense de Motociclismo e apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Seel). A etapa mato-grossense marca a metade da competição, que terá um total de oito provas.

Enquanto aguarda a chegada das “feras”, a organização conclui, nesta sexta-feira, os preparativos finais: reforma e alteração da pista, instalação de três conjuntos de arquibancadas e decoração do circuito. No sábado (28), a pista será aberta para os treinos livres (de manhã) e cronometrados (à tarde). A primeira largada acontece por volta do meio-dia do domingo (29).

Os maiores nomes do motocross nacional na atualidade, com exceção do piloto Eduardo Sassaki, o “Japonês Voador” (ainda se recuperando de acidente), se apresentarão na pista da Lagoa Trevisan. A considerar a situação do campeonato, a prova de Cuiabá empolga, já que todos permanecem na disputa pelo título.

Nas principais categorias – MX2 e MX1 -, a briga promete ser emocionante. O paulista Rafael Zenni lidera a categoria MX2, com 56 pontos, mas certamente não terá um fim de semana tranqüilo. Seu conterrâneo Marcelo Lima aparece em segundo, com apenas quatro pontos a menos.

A disputa será completa pela presença do paranaense Leandro Silva, vencedor das duas últimas etapas. O catarinense João Marronzinho está na primeira posição da categoria MX1, depois de vencer duas etapas, na frente do gaúcho Douglas Parise (segundo colocado) e do paulista Roosevelt de Freitas (terceiro).

Entre os garotos da categoria 65cc, a disputa está acirrada entre os paulistas Gustavo Vieira e Felipe de Simoni, o goiano Everaldo Filho e o catarinense Douglas Santos, líder, com 46 pontos. Em quinto, aparece o mato-grossense César Zamboni, que corre em casa e espera aproveitar o apoio da torcida para manter a excelente fase.

Ainda nas categorias de base, três pilotos prometem chamar a atenção do público em busca da vitória na 85c. O paulista Thales Vilardi e os catarinenses Lucas Cattoni e Anderson Cidade andaram lado a lado nas três etapas iniciais. Thales venceu duas e segue na liderança, com 70 pontos acumulados.

Já entre os mais experientes que disputam a categoria MX3 – antiga Open, direcionada a competidores com mais de 35 anos -, o catarinense Milton Becker lidera com 75 pontos. Ele tem boas recordações de Cuiabá, já que foi na Capital mato-grossense que conquistou o título da competição, no ano passado

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE