Esportes

Com treinador interino Luverdense goleia o Tupi após seis partidas sem vitória

O Luverdense acaba de vencer o Tupi-MG por 3 a 0, no Passo das Emas, em partida válida pela 15º rodada da Série C do Brasileiro. Com a goleada, o time mato-grossense que está sob o comando de Maico Gaúcho, interinamente, após a demissão do ex-técnico Luizinho, voltou a vencer depois de seis partidas e subiu uma posição, ocupando agora o 6º lugar na tabela, afastando o fantasma da zona da degola.

O próximo desafio do Verdão do Norte será contra o Bragantino, no sábado, às 17h (horário de MT), no estádio municipal de Lucas do Rio Verde.

O Luverdense começou a partida assustando o goleiro Vilar. Tiarinha que voltou de lesão recebeu na área e finalizou.  A bola desviou na zaga e o goleiro evitou o escanteio. Com uma postura bem mais ofensiva do que os jogos anteriores, o Verdão pressionou o Tupi, e teve oportunidade com Rubinho, que cobrou falta com efeito e quase surpreendeu o time mineiro.

Aos 23, André Ribeiro recuperou a bola e deu passe para Rubinho que desceu em velocidade e mandou para o fundo da rede. Luverdense 1 a 0.

A primeira boa chance do Tupi veio com João Willian de falta. A bola bateu na zaga e sobrou para Wellington Batista, levando perigo para o gol de Diogo Silva.

Já nos acréscimos, o jogador do Verdão foi derrubado na área, Paulinho cobrou e ampliou a vantagem. Luverdense 2 a 0.

No segundo turno , aos 8 minutos, Tiarinha ganhou o lance, deu um chapéu no marcador, driblou goleiro e de perna direita mandou a bola para o gol, sem chance de defesa do goleiro Vilar. Luverdense 3 a 0.

A equipe do Tupi atacou pouco e se defendeu como pode para evitar a derrota por um placar ainda mais elástico. Por outro lado, o Luverdense criava boas oportunidades de fazer o quarto gol, como no chute do Rubinho que bateu na trave. Na sequência, Lucas Braga chutou de longe obrigando Vilar a se esticar para fazer a defesa.

O Verdão do Norte continuou insistindo e Adriano bateu firme, direto para o gol, mas o goleiro do Tupi estava atento e deu um tapa na bola fazendo uma bela defesa.

A partida foi até os 49, com direito a um pedido de pênalti do Luverdense, que acusou o jogador do Tupi de tirar a bola com a mão evitando o quarto gol, mas o juiz não marcou e o jogo terminou em 3 a 0 para o Luverdense.

Só Notícias/Débora Lobo (foto: assessoria/arquivo)