Esportes

Com Rony decisivo, Palmeiras bate Delfin e abre vantagem para avançar às quartas

O Palmeiras iniciou as oitavas de final da Copa Libertadores de maneira bem-sucedida na noite desta quarta-feira. No Estádio Jocay, mesmo com 16 desfalques, o time alviverde contou com atuação inspirada de Rony para vencer o Delfin por 3 a 1, o que permite até uma derrota no Allianz Parque.

No primeiro tempo, Rony passou para Gabriel Menino marcar e anotou o segundo em cobrança de pênalti sofrido por Lucas Lima. Na etapa complementar, o atacante cruzou para um belo gol de Zé Rafael e Ramires acabou cabeceando contra a meta de Weverton.

A partida de volta pelas oitavas de final está marcada para as 19h15 (de Brasília) de quarta-feira, no Allianz Parque. Às 17 horas deste sábado, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Athletico-PR, também em sua arena.

O jogo – O Palmeiras conseguiu inaugurar o marcador logo aos 17 minutos do primeiro tempo. Em jogada pelo lado direito, Gabriel Menino invadiu a área após receber passe de Rony e chutou cruzado. O goleiro Banguera chegou a tocar na bola, mas falhou e não conseguiu evitar o gol.

Amplamente superior, o Palmeiras aumentou a vantagem no marcador aos 30 minutos da etapa inicial. Após cruzamento de Mayke da esquerda, Lucas Lima foi travado dentro da área por Nazareno e o árbitro, após rever o lance pelo monitor do VAR, marcou pênalti. Na cobrança, Rony converteu.

Com Weverton como espectador da partida, o Palmeiras ainda teve mais duas chances no primeiro tempo. Após cruzamento de Lucas Lima da esquerda, Gabriel Menino cabeceou para boa defesa de Banguera. Já no final, Rony recebeu de Zé Rafael e também acabou parado pelo goleiro adversário.

O Delfin voltou mais atento para a etapa complementar e, logo nos primeiros minutos, Corozo e Valencia exigiram boas defesas de Weveron. Na melhor chance do time da casa, Valencia chegou a driblar o goleiro adversário e cruzou para dentro da área, mas Ramires cortou e Emerson Santos completou.

Aos 14 minutos, quando o Delfin pressionava, o Palmeiras conseguiu marcar o terceiro gol. Em mais um passe para gol, Rony cruzou da esquerda para Zé Rafael. O meio-campista mostrou habilidade para tirar a marcação e finalizou de canhota para marcar.

Aos 23 minutos, pouco depois de grande chance desperdiçada por Rony, Velez cobrou escanteio da esquerda e Ramires desviou de cabeça para o gol defendido por Weverton. Logo após chute perigoso de Valencia, Renan substituiu Ramires e, com três zagueiros, o Palmeiras conseguiu defender o resultado.

Gazeta Esportiva (foto: César Grecco/assessoria)