Esportes

Boxe:confirmadas lutas de pugilistas de Sinop em duelo internacional

Uma semifinal de peso vai marcar a realização da luta internacional entre Lino Barros (Brasil) e Orlin Norris (Estados Unidos) valendo o título Mundo Hispânico dos cruzadores no próximo dia 18, no ginásio da UFMT, em Cuiabá. No ringue, William Arruda, a revelação da categoria pesado no Estado, enfrentará o consagrado Manoel Acosta, ex-campeão brasileiro amador dos meio pesados e ex-integrante da Seleção brasileira.

A confirmação da semifinal foi feita hoje pelo presidente da Federação Mato-grossense de Boxe, Sebastião Borges, após oficialização dos resultados da seletiva realizada no último final de semana no Colégio São Benedito. Mais duas lutas estão confirmadas para o dia 18: Marcos Araújo (Sinop) x Faustino José da Silva (Cuiabá), pelo médio ligeiro e Severino de Oliveira (Cuiabá) x Luis Cláudio (Coxim-MS).

Nas próximas horas, a FMB deve confirmar mais dois combates, sendo um deles Carlos André ‘Manequim’ (Cuiabá) x Adilson Hatman (Sinop). A outra luta pode envolver Dulciel Francisco (Cuiabá) e Édson Camargo (Sinop). “Estamos trabalhando para oficializar estas lutas até a sexta-feira”, disse Borges, destacando que o combate entre o mato-grossense Lino Barros e Orlin Norris será a ‘luta do século’ em Mato Grosso.

Para essa luta, Lino segue treinando na propriedade do campeão mundial de vale-tudo, Rodrigo Minotouro, no Rio de Janeiro. Lino vai defender um cartel de 21 lutas com 20 vitórias (19 por nocaute) diante do norte-americano. Mais do que isso, ele quer o título Mundo Hispânico que lhe abriria as portas para desafiar o campeão mundial dos cruzadores e se tornar um superstar do boxe internacional.
Já Orlin Norris tem um cartel com 67 lutas realizadas, das quais, 57 vitórias, sendo 31 por nocaute. Conhecido como ‘colecionador de cinturões’, Norris vem ao Brasil para conquistar mais um título para os Estados Unidos. Ele segue treinando em Las Vegas e só deve desembarcar em Cuiabá no dia 16 deste mês. O evento contará com apoio do Governo do Estado por intermédio da Seel (Secretaria de Esportes e Lazer).