Esportes

Atletas de Mato Grosso abrem mão da delegação brasileira para focar nos jogos Olímpicos em 2021

Os potenciais atletas brasileiros que podem estar nos Jogos Olímpicos em 2021, o judoca David Moura e o nadador Felipe Lima vão abrir mão de integrar a delegação brasileira que fará um período de treinamentos na Europa em julho e agosto. Nascidos em Cuiabá, ambos preferem ficar no Brasil, cumprindo o cronograma de treinamentos realizado por seus treinadores. Com o adiamento das Olimpíadas de Tóquio deste ano para a próximo ano, os atletas mato-grossenses estão mantendo a forma física em suas respectivas residências.

David Moura e Felipe fazem parte da lista de um grupo de 200 atletas brasileiros com ótimas chances de assegurarem vagas para o evento em Tóquio. Contudo, vão priorizar ficar no País para dar sequência, mesmo com toda a crise da pandemia do novo coronavírus, que impede que os atletas realizam treinos com demais pessoas, evitando desta forma a aglomeração.

Medalha de ouro no Pan-Americano em 2015 em Toronto, David Moura sempre priorizou treinar em sua própria academia, instalada em sua residência no bairro do Porto, em Cuiabá. Ele conta com uma equipe de profissionais composta por treinadores e lutadores para manter sua condição física e técnica. Por sua vez, Felipe Lima garante que prefere ficar no Brasil treinando sob orientação de seu treinador.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)