Educação

Sinop: nova biblioteca em escola municipal será inaugurada hoje e professores estimulam leitura

A prefeitura inaugura, esta tarde, a biblioteca da Escola Municipal de Educação Básica Aleixo Schenatto, no Jardim Jacarandás. A área tem 7 x 7 metros e toda estrutura foi construída com telhas termo acústica. Além dos mais de 500 livros, abrigará uma sala de reforço escolar. A escola também vai emprestar livros, temporariamente e sob monitoramento, para os alunos lerem em suas casas, com a participação de toda a família.

A biblioteca atenderá os 580 alunos e, para incentivar a leitura, além do espaço agradável montado do lado externo da escola, os professores implantaram um projeto pelo qual, no mínimo duas vezes por semana, as crianças serão levadas para a biblioteca durante o horário de aula.  “Tínhamos apenas uma sala pequena de leitura. Agora, acredito que o novo ambiente com mais espaço e mais livros irá instigar os alunos a buscarem novos conhecimentos e até aventuras com os livros da biblioteca escolar”, explica a diretora Maria Regina Ferreira.

A prefeita Rosana Martilnelli disse que essa é só a primeira biblioteca construída neste formato e outras escolas também serão contempladas. “Estamos investindo [gestão] muito em educação porque sabemos a importância que é o ensino de qualidade para as nossas crianças. E não vamos parar até que todos sejam contemplados com a melhor educação básica possível”, frisa a gestora.

Recentemente, em 26 de junho, uma mini biblioteca acessível a todos os munícipes, com diversos exemplares, foi montada no ponto de ônibus que fica no cruzamento da avenida Júlio Campos com a rua das Primaveras, no centro de Sinop, em parceria com uma escola particular e a secretaria municipal de Obras, por meio do projeto “Livro Solidário”. A ideia partiu dos alunos.

A gestão da prefeita Rosana Martinelli também entregou 22 mil livros, entre literários, didáticos, infantis e infanto-juvenis para compor o acervo das bibliotecas escolares. Ao todo, foram contempladas 22 escolas de ensino infantil (EMEI’s) e 16 escolas de ensino fundamental. Cada unidade de Educação Infantil recebeu 400 livros e de Educação Fundamental 445 livros, sendo um investimento total de R$ 474 mil. A informação é da assessoria.

Só Notícias (foto: assessoria)