Educação

Começa pesquisa para definir cursos da UFMT em Lucas do Rio Verde

A prefeitura, por meio da secretaria Municipal de Educação, iniciou uma pesquisa de opinião pública com a sociedade para identificar os cursos mais desejados para o campus luverdense da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O questionário é on-line e ficará disponível até o dia 6 de dezembro.

A comunidade geral pode participar preenchendo corretamente todas as informações solicitadas em um formulário disponível no site da prefeitura. Os participantes podem optar pelos cursos de Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Medicina Veterinária, Psicologia, Letras (Licenciatura e Bacharelado), Farmácia, Agrocomputação, Engenharia de Produção Agroindustrial, Engenharia Mecânica, Engenharia de Alimentos, Engenharia Química e Engenharia de Automação Industrial.

Além disso, as pessoas podem apontar algum outro curso que não esteja na lista. Por atender toda a região, os formulários foram disponibilizados aos municípios vizinhos.

O formato de realização desta pesquisa foi apresentado na semana passada pela Prefeitura de Lucas do Rio Verde durante reunião. Participaram do encontro a Associação Comercial e Empresarial (Acilve), a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato Rural, Fundação Luverdense de Saúde, Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Escola Técnica de Educação Profissional e Tecnológica (Secitec), Assessoria Pedagógica do Estado, e escolas particulares.

No último dia 13, conforme Só Notícias já informou, representantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) estiveram em Lucas do Rio Verde e visitaram alguns locais em condições para receber a instalação da instituição. Além disso, a criação desse novo polo foi pauta também de reunião com o Legislativo e a Comissão de Implantação da Universidade Pública.

Segundo o reitor Evandro Soares, com essas tratativas que estão sendo realizadas pela prefeitura e UFMT, existe a expectativa de cursos disponíveis para a população de Lucas do Rio Verde já a partir de 2023. “Conhecendo as unidades educacionais, Lucas do Rio Verde está preparadíssima para receber uma universidade pública referência para o estado e para o país. Tendo os recursos aprovados na Lei Orçamentária Anual, esperamos que em 2023 possamos ter as primeiras matrículas para a UFMT, campus de Lucas do Rio Verde”, disse o reitor, anteriormente.

Após a reunião no paço Municipal, a comitiva seguiu para a Fundação Rio Verde de Pesquisa, onde foram recepcionados pelo presidente da unidade, Joci Piccini. A região é uma das quatro que estão sendo analisadas para receber a universidade federal. Para o reitor, a parceria com a fundação será fundamental para a realização de pesquisas pelos acadêmicos, especialmente dos cursos ligados à agronomia, e será um atrativo a mais para o polo de Lucas do Rio Verde. A comitiva visitou ainda outros três lotes que foram oferecidos para sediar a instituição de ensino superior.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)