Educação

Definidas datas de matrículas nas escolas estaduais em Sinop; as que tiveram greve iniciam aulas em março

A secretaria de Estado de Educação (Seduc) divulgou hoje, no Diário Oficial do Estado, portaria que define os prazos de matrículas e rematrículas nas escolas estaduais para o ano letivo de 2020. O cronograma dependerá se a unidade aderiu ou não a greve, que ocorreu em maio, dos profissionais da Educação.

Em Sinop, as escolas que aderiram a paralisação foram a Édina Dalabetta, Nilza Oliveira Pipino, Ênio Pipino, Olímpio João Pissinati Guerra, Ceja Benedito Santana Silva Freire, São Vicente de Paula, Edeli Mantovani, Paulo Freire, Maria de Fátima Gimenez Lopes e Bom jardim. Nestas, a rematrícula, que deverá ser efetivada presencialmente, inicia em 10 de janeiro e acaba em 1º de fevereiro. Já as matrículas para novos alunos serão feitas de de 3 a 6 de março. O ano letivo está previsto para começar em 23 de março.

Já na Cleufa Hubner, Jorge Amado, Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora da Glória, Zeni Vieira, Rosa dos Ventos, Professor Djalma Guilherme da Silva, o período de renovação vai de 9 a 13 de dezembro, enquanto o prazo para novos estudantes é de  9 a 11 de janeiro. O início das aulas acontece em 10 de fevereiro.

Também foi definido o recesso escolar no meio do ano e terá a mesma data para todas, de 17 a 31 de julho.

A portaria ainda destaca que “caberá a todas as unidades escolares disponibilizarem o quantitativo de vagas que serão ofertadas aos novos alunos, em mural acessível, para conhecimento da comunidade escolar”.

Conforme Só Notícias já informou, a Assessoria Pedagógica apontou que a projeção inicial no aumento de número de alunos na rede estadual de ensino para 2020 é superior a 17%. Atualmente, cerca de 15.300 estudantes são atendidos. Com o possível crescimento, Sinop deve ter cerca de 18 mil alunos no próximo ano.

Redação Só Notícias (foto: Junior Silgueiro/assessoria)