Educação

Adiado leilão de merenda escolar em Sinop

Continuam abertas as inscrições para as empresas que desejam participar do leilão da merenda escolar em Sinop. Segundo a assessora pedagógica, Silvia Inês Kuhn, até o momento nem uma empresa se inscreveu e os próprios assessores estão bastantes ocupados com outros assuntos da assessoria, não tendo disponibilidade para organizar o Leilão.

“Não tivemos tempo ainda de ligar para as empresas convidando-as a participar, mas esta semana vamos terminar de organizar a casa e na semana que vem faremos o Leilão”, disse Silvia, ao Só Notícias.

As inscrições começaram na quarta-feira passada e deveriam terminar hoje. O leilão seria amanhã. Essas datas foram prorrogadas e as inscrições vão até a próxima terça-feira, 22, o Leilão será na quarta, 23.

“Ano passado tivemos 6 participantes, entre supermercados, atacadistas e pequenos produtores de Sinop. O fornecimento ficou para um supermercado. Dificilmente produtos deixam de ir a leilão. Geralmente 100% de tudo que é oferecido é leiloado”, disse Silvia. Todos os produtos de mesma categoria que tiverem uma diferença no valor de menos que 10% vão à leilão, a assessoria adquiri o produto que for mais barato.

O MEC (Ministério da Educação e Cultura) repassa para o Estado R$ 0,15 por aluno a cada dia para adquirir merenda somente para o ensino fundamental. As mercadorias adquiridas vão ser consumidas pelos 10 mil estudantes das 11 escolas estaduais de Sinop durante os próximos 60 dias. Cerca de 50kg de alimentos são consumidos por dia em cada escola do município.

“Esse valor que o ministério determina é em cima do último censo, ou seja, se ano passado a escola tinha 300 alunos e esse ano ela tem 500, e MEC vai mandar a verba para os 300 alunos. É então que temos que fazer um planejamento bem detalhado do cardápio para que nenhum aluno fique sem merenda. Além de cuidar para que não sobre comida nas escolas que neste ano têm menos alunos que no ano passado”, salientou Silvia.