Economia

Sorriso interrompe sequência positiva e volta a ter mais demissões de funcionários; agropecuária lidera

O município de Sorriso interrompeu, em março, as duas boas sequências que teve na geração empregos, segundo dados divulgados, ontem, pelo ministério da Economia. Só Notícias constatou que foram dispensados 109 funcionários a mais, saldo de 1.919 mandados embora e 1.810 contratados por empresas e indústrias. Em janeiro e fevereiro foram 856 e 637 vagas a mais, respectivamente.

Consta ainda no detalhamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, que a agropecuária — um dos principais setores da economia do município — fechou 208 postos de trabalhos, no mês de março, resultado de 341 demissões e 133 contratações.

Por outro lado, quatro setores da economia empregaram mais. A indústria teve o melhor desempenho com 47 trabalhadores admitidos a mais, seguido da construção civil com 27, serviços 19 e o comércio com 6.

Em Sinop, conforme Só Notícias já informou manteve a sequência positiva com a geração de 368 empregos a mais. Em todo o Estado, foram criadas 4.277 vagas a mais.

No Centro-Oeste, Mato Grosso foi o terceiro estado que mais gerou empregos. Em primeiro ficou Mato Grosso do Sul com 5.152 MS, 4.952 Goiás e em quarto Distrito Federal com 2.178

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)