Economia

Sorriso interrompe sequência de 5 meses com saldo positivo e volta demitir mais trabalhadores, diz Caged

O município de Sorriso interrompeu, em outubro, a boa sequência de cinco meses gerando vagas de empregos, segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do ministério da Economia, ontem. Só Notícias constatou que foram mandados embora 1.835 trabalhadores, contatados 1.703 resultando no fechamento de 132 vagas a mais. Em setembro, o saldo foi positivo com a criação de 124 vagas.

Consta ainda no detalhamento que outubro, que quatro setores do agrupamento de atividade econômica impulsionaram negativamente. A indústria foi o que mais mandou trabalhadores embora. Foram 231 vagas fechas, diferença de 489 desligamentos e 258 admissões. O setor de serviços fechou 28 a mais e construção civil 6.

Por outro lado, comércio gerou empregos e segurou o resultado para não ser ainda pior. Foram 128 novas vagas, saldo de 640 admissões e 512 desligamentos. Já a agropecuária criou cinco.

Conforme Só Noticias já informou, Diferente de Sorriso, Sinop teve recorde na geração de empregos com 771 pessoas a mais empregadas. No Estado foram criadas 3.922 a mais por empresas e indústrias de diversos segmentos.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria/arquivo)