Economia

Sinop: pesquisa mostra queda na intenção de gastos com viagens, roupas e em mercados

O Índice de Intenção de Consumo (IIC) dos clientes apresentou queda de -2,4% para este mês em Sinop, em comparação a dezembro, passando de 105,48 pontos para 102,96. O levantamento foi feito pelo Centro de Informações Socioeconômicas (Cise) da Unemat, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Os consumidores apontaram que vão diminuir compras em vários segmentos: viagem (-13,9%), vestuário (-3,1%), supermercado (-2,1%), e restaurantes (-1,4%).

O levantamento de informações para o IIC ocorreu entre os dias 1º e 10. “Essa queda é esperada, pois não dá para comparar com o salto da intenção (de consumo) no Natal. Por isso ocorre essa diminuição no índice de intenção de consumo”, apontou o coordenador da pesquisa e economista, Feliciano Azuaga.

Na contramão, entre os consumidores indicaram crescimento nas compras de produtos de saúde (4%), educação e cultura (3,4%). No segmento de móveis e eletro (2,1%) e “esse salto está ligado as queimas de estoque realizadas pelos comércios de móveis nesse começo de ano. Os consumidores aproveitam e vão as compras”, analisou Feliciano.

O IIC apresenta uma escala de graduação entre zero (menos propenso ao consumo) e duzentos pontos (mais propenso). Em agosto do último ano o índice era de 107,4 pontos, setembro 104,30, outubro 100,10 e novembro 104,97.

Conforme Só Notícias já informou, em outro levantamento o Cise apontou que o empresariado de Sinop começou confiante no crescimento econômico. Perguntados sobre os planos para o negócio em 2020, 40% responderam que tem como prioridade ampliar seus estabelecimentos. Já 12% disseram que a projeção é aumentar o quadro de colaboradores, 11% querem diversificar o ramo de atuação, 6% pretendem poupar, 3% manter como está e 26% iniciaram 2020 com outros planos.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)