Economia

Setor agropecuário registra melhores salários em Sorriso no início do ano

A agropecuária pagou os melhores salários iniciais em Sorriso no primeiro mês do ano. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, os trabalhadores deste setor receberam, em média, R$ 1,9 mil ao serem contratados, em janeiro.

O segundo melhor salário foi registrado no setor de serviços: R$ 1,452. No comércio, a remuneração média de admissão, em janeiro, foi de R$ 1.448. A indústria de transformação (R$ 1,3 mil), construção civil (R$ 1,3 mil) e serviços industriais de utilidade pública (R$ 1,3 mil) aparecem em seguida. O pior salário em janeiro foi registrado no setor extrativista mineral: R$ 1 mil.

Só Notícias ainda apurou que a profissão de operador de máquinas de beneficiamento agrícola foi a mais demandada no primeiro mês do ano, em Sorriso. Para este cargo, foram geradas 225 novas vagas formais (com carteiras assinadas). Trabalhador volante da agricultura (215 vagas), alimentador de linha de produção (126), armazenista (60) e motorista de caminhão (49) aparecem na sequência.

Já o cargo de servente de obras foi o que mais encerrou vagas com carteiras assinadas. Segundo o Caged, 21 postos de trabalho nesta área foram fechados em janeiro. Abatedor (-15), armador de estrutura de concreta (-9) e agente fiscal de qualidade (-9) também demitiram mais funcionários.

Conforme Só Notícias já informou, Sorriso começou o ano gerando mais vagas de emprego. De acordo com o Caged, foram registradas, em janeiro, 2.171 contratações e 1.087 demissões no município. Com isso, o saldo foi de 1.084 novos postos de trabalho com carteiras assinadas.

O melhor desempenho foi do setor agropecuário, que, sozinho, gerou 562 vagas a mais, resultado de 702 admissões e 140 demissões. Em contrapartida, dois setores da economia sorrisense tiveram déficit em janeiro. A construção civil ficou com o pior desempenho, ao admitir 685 trabalhadores e dispensar 334 (33 vagas a menos). Já o setor extrativista mineral registrou 1 contratação e 3 demissões.