Economia

Secretário projeta arrecadar R$ 3,6 milhões com pagamento de alvará em Sorriso

O secretário municipal de Fazenda de Sorriso, Sérgio Kocova, projetou, em entrevista ao Só Notícias, que a prefeitura deve arrecadar R$ 3,6 milhões com o pagamento de alvará por parte das empresas e indústrias. O prazo iniciou dia 1º e segue até 31 de março. “Esperamos que aproximadamente 10 mil empresas paguem. Vale salientar que não há a opção de parcelamento do débito, portanto deve ser pago de maneira à vista”, expôs.

Ainda conforme o secretário, é importante que os empresários quitem a taxa porque “sem o pagamento, a empresa entra para a dívida ativa do município e por isso não conseguirá emitir a certidão negativa de débitos que é necessária para muitas negociações”.

Além disso, segundo Sérgio, “a participação em licitações, por exemplo, se torna inviável se o alvará não estiver atualizado”. “Ainda há multa, que é de 20%, além de juros e correção monetária de acordo com a Taxa Selic”, completou Kocova.

Conforme Só Notícias já informou, em Lucas do Rio Verde a cobrança segue até 22 de fevereiro e a previsão de arrecadação é superior a R$ 1,8 milhões. A expectativa é que mais de 3,8 mil estabelecimentos quitem o alvará.

Já em Nova Mutum aproximadamente 3,5 mil empresas comerciais, industriais e prestadores de serviços devem pagar a taxa. A prefeitura deve arrecadar mais de R$ 2,8 milhões com o pagamento do alvará e o prazo se estende até 28 de fevereiro.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/Lucas Torres/arquivo)