Economia

Produtores de arroz do Nortão vão protestar fechando BR-163

Produtores rurais e sindicatos rurais do Nortão prometem fechar a BR-163 na próxima terça-feira, entre Matupá e Peixoto de Azevedo, logo após a ponte que separa os dois municípios. Os produtores vão protestar devido à nova classificação do arroz Cirad pelo governo, que agravou ainda mais as perdas ocorridas nesta safra.

Valdemir Frigeri, produtor rural e vereador em Matupá, informou ao Só Notícias que as perdas dos arrozeiros da região nesta safra, chegam a 35%. “Aliadas ao baixo preço que o governo está pagando, não cobre nem os custos de produção”, ressaltou. Eles querem que o governo prorrogue as dívidas de custeio e maquinário e reveja a classificação da variedade Cirad.

Os produtores pretendem levar para a pista arroz em casa, caminhões e tratores. “Vamos até distribuir arroz para a população para destacar a desvalorização que o produto está sofrendo pelo Governo Federal”, disse Frigeri.

O protesto será por tempo indeterminado e contará com apoio e participação dos produtores rurais, sindicatos e lideranças políticas de Matupá, Peixoto de Azevedo, Terra Nova do Norte, Guarantão do Norte, Nova Guarita e Novo Mundo.