Economia

Peixoto de Azevedo e Matupá geram mais empregos formais

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados apontam que em junho Matupá (208 quilômetros de Sinop) contratou 92 trabalhadores a mais, resultado de 323 admitidos e 231 mandados embora. Este foi o terceiro mês consecutivo com resultado positivo. Em abril 180 pessoas acabaram sendo admitidas a mais e, em maio, 133.

Só Notícias constatou que todos os cinco setores contrataram mais. O principal foi o comércio, com 34 novas vagas abertas. Já o segmento de serviços, teve 29 postos a mais, seguido pela agropecuária com 19. Construção civil e indústria contrataram sete e três a mais, respectivamente.

Já Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop) chegou, em junho, ao segundo mês com resultado positivo na geração de empregos. Foram 52 contratados a mais, saldo de 239 admissões e 187 desligamentos. Em maio, foram registradas 63 novas vagas formais.

Consta no painel que os setores de serviços e agropecuária foram protagonista, com cada um contratando 18 pessoas a mais. Já o comércio, empregou 12 a mais. A indústria fechou com seis novos postos gerados, enquanto a construção civil amargou número negativo ao demitir dois a mais.

Conforme Só Notícias já informou, Guarantã do Norte teve 439 admitidos e 338 demitidos, ou seja, saldo de 101 empregados a mais. Em Colíder foram admitidos 46 funcionários a mais.

Em Nova Mutum foram empregadas 405 funcionários a mais, Lucas do Rio Verde empregou 412, Sinop teve 786 contratados a mais em junho e Sorriso liderou na região com 855 admitidos a mais.

Só Notícias/Luan Cordeiro